Banco de Dados

Entendendo o que faz um Cientista de Dados. A profissão do momento

 

Cientista de Dados é a profissão que veio para ficar. A área, que tem crescido cada vez mais no mercado, ajuda empresas a criar estratégias e tomar mais decisões mais assertivas para seus negócios. Já ouviu falar por aí em termos como Big Data ou Business Intelligence? É exatamente sobre isso que vamos tratar neste artigo.

Aprenda sobre Data Science, de A à Z, em um curso online e completo. Acesse!

As tecnologias atuais nos permitem levantar um volume infinito de dados sobre clientes. Em um contexto de competitividade e mercado saturado de serviços, é preciso analisá-los com cautela para manter o seu negócio ativo e lucrativo no mercado. É aí que surge a demanda por cientistas de dados: são esses profissionais que coletam, analisam e entregam as informações necessárias para que uma boa estratégia de sucesso seja criada.

Quer dar novos ares à sua carreira e conquistar o seu lugar nessa área? Para isso, é preciso ter um conhecimento prévio de linguagens de programação, ne negócios e muita paciência para aprender e resolver problemas complexos. Se é isso mesmo o que você está procurando, veja abaixo os principais campos de atuação de um cientista de dados e a indicação de ótimos cursos para você começar a sua preparação agora mesmo.

1. Data Science

Data Science, ou Ciência de Dados, é a área comandada por especialistas analíticos que se baseiam em informações e habilidades técnicas para resolver problemas e chegar à resoluções. O cientista de dados deve possuir uma boa base em Estatística, Matemática e Machine Learning para analisar os dados levantados e gerar insights; seja para criar novos produtos, seja para para construir uma estratégia para a empresa. O objetivo é gerar insights e inteligência para o negócio.

Cursos indicados: Para aprender a utilizar estatística aplicada; análise de dados com R; gráficos com R e Python; a definição de Machine Learning, Big Data e Data Science; e análise de dados com Python, acesse esse curso de Data Science.

Com este curso de Formação de Ciência de Dados, você aprende Deep Learning, Neural Networks, Séries Temporais e Mineração de Teto; Regressão Linear e Logística; visualização de dados e dashboards; probabilidade, intervalos de confiança e testes de hipótese; e classificação, agrupamentos, associadores e seleção de atributos em Machine Learning.

2. Bancos de dados

Analisar os dados armazenados em bancos é tarefa essencial do cientista de dados. Portanto, é imprescindível que você saiba executar a linguagem SQL (Structured Query Language) para criar banco de dados consistente e infraestrutura e modelagem, para consultá-los, e para entender todo o ambiente transacional. Bancos de dados podem ser de variados tipos e você precisa estar preparado para processar o que for relevante dentre muitas informações.

 

Curso indicado: O curso sobre Banco de Dados te ensina a diferença entre um Administrador de Dados e um DBA, a instalar o banco de dados MySQL, a escolher as funções nativas de qualquer banco de dados e a programar nele. Comece a aprender agora mesmo!

3. Power BI

Existem muitas ferramentas disponíveis para fazer análise de dados. Uma delas é o Power BI, ferramenta do Windows que conecta serviços de aplicativos, para que eles trabalhem juntos na coleta de dados, transformando-os em informações coerentes e proveitosas para tomadas de decisões assertivas.

É um programa completo para empresas que queiram fazer análises em tempo real, para o desenvolvimento de relatórios completos. É ótimo para quem quer melhorar a previsibilidade da empresa, pois permite que o usuário crie quadros de indicadores de desempenho, que podem ser consultados a qualquer momento.

Cursos indicados: No curso de Power BI, você aprende conceitos fundamentai de BI; a fazer uso das funções DAX e dos relacionamento de tabelas, para criar poderosos modelos de dados; a realizar processos completos e ETL diretamente na ferramenta, e muito mais. Se identificou com os objetivos e dia a dia de um cientista de dados? Então comece agora mesmo a sua capacitação! Aproveite a oportunidade de expansão dessa carreira no mercado de trabalho: acesse os cursos e comece a sua capacitação agora mesmo!

?

Artigo cedido pelo Udemy.

SQL Injection (SQLi): Identificando o BD e extraindo dados com UNION

A maioria das técnicas demonstradas na primeira postagem sobre SQLi são efetivas contra todas as plataformas de banco de dados comuns e qualquer divergência podem ser ajustadas facilmente de acordo com a sintaxe. Entretanto, quando começamos a ver técnicas mais avançadas de exploração, as diferenças entre as plataformas começam a ser mais significante e você precisará ampliar seu conhecimento sobre o tipo de banco de dados que está sendo manipulado.

Você já viu como extrair a string de versão da maioria dos tipos de BD. Mesmo que você não consiga por algum motivo, normalmente é possível obter por outros métodos. Um dos mais viáveis é a forma que o BD concatena strings. Em uma consulta onde você controla a string de dados, você pode fornecer um valor particular em uma consulta e então testar diferentes métodos de concatenação para produzir uma string. Quando o mesmo resultado é obtido, você provavelmente identificou o tipo de BD que está sendo usado. Os próximos exemplos mostra como string pode ser construída para a maioria dos tipos de BD: (mais…)

Administração de Usuários e Privilégios no Banco de Dados

Todo agrupamento de bancos de dados possui um conjunto de usuários de banco de dados. Estes usuários são distintos dos usuários gerenciados pelo sistema operacional onde o servidor executa. Os usuários possuem objetos de banco de dados (por exemplo, tabelas), e podem conceder privilégios nestes objetos para outros usuários controlando, assim, quem pode acessar qual objeto. (mais…)

Conceitos sobre Segurança em Banco de Dados

Os bancos de dados são utilizados para armazenar diversos tipos de informações, desde dados sobre uma conta de e-mail até dados importantes da Receita Federal. A segurança do banco de dados herda as mesmas dificuldades que a segurança da informação enfrenta, que é garantir a integridade, a disponibilidade e a confidencialidade. Um Sistema gerenciador de banco de dados deve fornecer mecanismos que auxiliem nesta tarefa.

Os bancos de dados SQL implementam mecanismos que restringem ou permitem acessos aos dados de acordo com papeis ou roles fornecidos pelo administrador. O comando GRANT concede privilégios específicos para um objeto (tabela, visão, seqüência, banco de dados, função, linguagem procedural, esquema ou espaço de tabelas) para um ou mais usuários ou grupos de usuários. (mais…)

7 deveres de casa para uma melhor segurança do data base em 2012

Agora é a hora perfeita para olhar processos e tecnologias e reavaliar quão bom eles realmente são, já que nesta época as organizações se preparam para um novo ano. No nível de data base, há uma série de atividades fundamentais que muitas organizações continuam a não realizar de forma eficaz. (mais…)

O modelo ACID

O modelo ACID é um dos mais velhos e importantes conceitos da teoria de Banco de Dados. Ele define quatro pontos que todos os SGBD devem ter: atomicidade, consistência, isolamento e durabilidade. Qualquer BD que não atinja algum desses pontos pode ser considerado não confiável. (mais…)

Introdução a Linguagem SQL: Comandos Básicos e Avançados – Parte 1

O SQL, Structured Query Language, é a linguagem utilizada pelos Banco de Dados Relacionais (BDR) modernos, sendo ela, as vezes, a única forma de você interagir com o BD em si. Todas as telas gráficas e programas que administram os BDs, nada mais é que um tradutor da funcionalidades do SQL. Eles realizam as ações que o usuário realiza na parte gráfica e converte os comandos para o SQL interagir com o BD.

(mais…)

Modelagem Conceitual, Lógica e Física de Dados

 

A modelagem de dados é o primeiro passo em nosso projeto na criação de um banco de dados, pois é nele que criamos um modelo de dados específico para um determinado domínio.

(mais…)

Relacionamentos em um Banco de Dados

Algumas das dificuldades de quem começa os estudos de BD é entender as suas relações, que permitem que você organize uma consulta e possa ver os dados de uma nova maneira, o que dá o nome de Banco de Dados de “Relacional”.

Existem três tipos de relacionamentos e cada um deles tem o seu nome de acordo com os registros dos relacionamentos que estão acontecendo. (mais…)

Entendendo as Chaves dos Bancos de Dados

Banco de DadosO conceito básico de chave de um BD é que é uma ou mais colunas que distiguem uma linha das demais dentro de uma tabela, sendo esta chamada de chave primária (PK – Primary Key) ou para relacionar com outra tabela, chamada de chave estrangeira (FK – Foreign Key). Essas chaves é que determinam a unicidade de cada registro dentro de uma tabela.

Esta unicidade dos registros, determinada pela chave, é fundamental para a criação de índices.

(mais…)