erros

12 erros que os profissionais de TI cometem no LinkedIn

Não espere até que você decida deixar o seu trabalho atual para atualizar o seu perfil. Comece hoje, e evite esses equívocos.

LinkedIn é o lugar para profissionais de TI que estejam procurando uma melhor colocação no mercado. Conecte-se com colegas de trabalho, encontre antigos colegas, e encontre pessoas que partilham da mesma opinião.

Dedique alguns minutos agora para garantir que seu perfil apresente suas realizações e habilidades.

Aqui estão alguns erros comuns a evitar.

Erro 1: Falta do retrato no perfil
As pessoas suspeitam de perfis do LinkedIn sem foto, diz David Hults, coach de carreira.

Concentre-se em seu rosto. Evite paisagens ou objetos de fundo que distraiam as pessoas. Usar a câmera do iPhone é bom, mas cuidado com a iluminação.

Erro 2: Falta de recomendações
A pessoa ocupou vários cargos de TI na Cruz Vermelha, mas não tem recomendações.

Idealmente, você deve ter uma recomendação pessoal para cada posição, mesmo que  você tenha realizado vários trabalhos na mesma organização, diz Lisa Rokusek, sócia-gerente da AgentHR.

Erro 3: Poucos ou nenhum  endosso sobre importantes habilidades de mercado
Esta parte do seu perfil deve ser envolvente e vibrante. Peça aos membros da sua rede para endossar suas habilidades.

linkedin1

Erro 4: Falta de detalhes sobre as responsabilidades nas funções exercidas
A lista não é auto explicativa! Mais informações, particularmente sobre a posição atual, são necessárias. Que projetos o especialista em BI fez na empresa? Como as implementações de BI contribuíram para os resultados da empresa? O que é SSAS? Pode ser um erro de digitação para o SAS, ou pode realmente significar SQL Server Analysis Services. Então, melhor incluir por escrito, diz Rokusek.

Linkedin2

Erro 5: Erros de digitação e palavrões
Bem, este é um exemplo óbvio, mas vale a pena repetir. Evite erros de digitação e palavrões a todo custo. Revise seu perfil, ou peça a um amigo para fazê-lo.

Erro 6: Sobrecarga de jargão
Nem todo mundo entende os jargões profissionais. Peça a alguma outra pessoa para rever o seu perfil, de modo a torná-lo mais compreensível.

Linkedin3

Erro 7: Não participar de grupos da indústria
Participar de grupos é fundamental – e fácil. Há centenas de grupos em sua área de atuação. “Encontre pessoas de sua própria espécie e se conecte com elas”, diz Hults.

Erro 8: Dificuldades para entrar em contato
Ao editar o seu perfil, verifique as “Informações Adicionais” e adicione suas informações de contato também nos campos “interesses” e “conselhos”. São duas áreas onde o LinkedIn permite que você escreva o que quiser, e isso pode tornar mais fácil para as pessoas encontrá-lo, mesmo aquelas que estão entra as suas conexões. “Pare de ser passivo. Não espere que as pessoas o encontrem”, diz Hults.

Linkedin4

Erro 9: Não listar as competências linguísticas
Fortran pode não ser sua praia, mas não adicionar todos as linguagens de programação de computadores que você domina na seção “línguas” e o quão proficiente você é em cada uma delas pode ser péssimo. Seja o mais descritivo possível.

Linkedin5

Erro 10: Não adicionar links
Você só tem três lugares para incluir links para seus sites, então use isso sabiamente. Utilize o campo “outro”, que dá a chance de colocar tanto o seu blog ou site  e as respectivas URLs. Se você escolher o campo  “blog”, você acabou de obter uma URL e de perder a chance de indexar o nome do site no Google.

Linkedin6

Erro 11: Não optar por uma URL para o perfil público
Quando chegar a hora de se promover, não se esqueça de criar uma URL personalizada para o seu perfil, que possa constar dos seus cartões de visita. É também uma maneira fácil para que os seus contatos o encontrem no LinkedIn, particularmente se você tem um nome comum que pode ser difícil de pesquisar.

Linkedin7

Erro 12: Usar o convite genérico
Não basta clicar em “enviar”. Personalize a mensagem de convite quando quiser adicionar uma nova conexão. Crie uma mensagem específicA para a pessoa que você deseja convidar e inclua referências ligadas a você. Contexto é muito importante.

Fonte: CIO

Erros que mandam o currículo para o lixo

O currículo é a principal forma de se candidatar a uma vaga de emprego, mas existem pequenos erros, que muitas vezes passam despercebidos, mas que podem fazer com que seu currículo nem seja analisado pelo gestor, como erros de português, dados incompletos, falta de atenção ao prazo de envio, entre outros.

597089 erros que mandam o curriculo para o lixo 1 Erros que mandam o currículo para o lixo

Erros que mandam o currículo para o lixo (Foto: Divulgação) (mais…)

Profissionais de segurança dizem que suas empresas investem em tecnologias erradas

Mais de um terço dos profissionais de segurança diz que os recursos para o assunto estão sendo implantados com tecnologias erradas, de acordo com uma pesquisa divulgada pela SafeNet, empresa de proteção de dados.

Apesar de investimentos contínuos em defesas de rede de perímetro, 35% dos 230 profissionais de segurança dos Estados Unidos disseram que não tinham certeza de que estavam usando as tecnologias certas para garantir alto valor de dados, de acordo com estudo da empresa Belcamp.

Essa descoberta surpreendeu o Diretor de Estratégia da SafeNet, Tsion Gonen. “Eles estão nos dizendo, na mesma frase: ‘Nós sabemos que não está funcionando, achamos que seremos violados, mas vamos continuar fazendo um monte do mesmo’”, disse ele em uma entrevista. “Essa é a definição de insanidade. Fazer a mesma coisa todas as vezes e esperar um resultado diferente”. (mais…)

6 perguntas que podem ´queimar o seu filme` com o recrutador

São Paulo – Durante a entrevista de emprego, sempre há o momento em que o recrutador abre espaço para que o candidato tire dúvidas e faça perguntas sobre a oportunidade profissional. O objetivo é que, a partir das informações coletadas, o profissional tenha como tomar uma decisão mais assertiva em relação à mudança de emprego.

Expectativa em relação ao que se espera de quem ocupar o cargo, informações sobre cultura da empresa e maneira de gestão do novo chefe. Tudo isso pode e deve ser discutido com o entrevistador, no momento em que ele se coloca à disposição do candidato para responder perguntas. (mais…)

Sete erros que podem arruinar a migração para a nuvem

A automação, redução de custos e redundância de dados preocupam os Chief Information Security Officer (CISO). Eles sabem que há recompensas com a migração para nuvem, mas questionam sobre os erros que a empresa comete com essa mudança.

A seguir você confere sete pecados que os CISOs e profissionais de segurança cometem e que podem minar os benefícios da computação em nuvem: (mais…)

Sete deslizes comuns na hora de estruturar um currículo em TI

Explorar de maneira clara, objetiva e sucinta as principais realizações e resultados obtidos durante sua trajetória profissional. Essa é uma das principais dicas de Carolina Stilhano, gerente de marketing da Catho, site de vagas de empregos, para o profissional que quer elaborar um bom currículo.

“O currículo é o primeiro contato com o selecionador. Ele pode abrir ou fechar portas”, lembra. Por isso, segundo ela, o profissional também deve investir na divulgação do documento e utilizar principalmente os meios mais eficazes para contratação, como os classificados online e o networking. Quanto maior o número de currículos divulgados, maiores serão as chances de participar de entrevistas. (mais…)

Por que tantos diretores de informação fracassam?

O tempo médio de mandato de um diretor de informação é de apenas cinco anos e quatro meses, de acordo com uma recente pesquisa da CIO. Em muitos casos, um mandato longo é uma questão de sorte e não de competência.

No próximo ano, Peter Weis, diretor de informação (CIO) da Matson, empresa de logística e transporte oceânico, testemunhará a conclusão de um projeto de transformação de TI de longo prazo que ele projetou e alimentou durante quase uma década. “Estamos entrando no nosso oitavo e último ano”, disse ele. “Quando isso tiver acabado, teremos aposentado todas as plataforma legadas. Nosso mainframe será desligado”.

Completar esse projeto de transformação é razão de muito orgulho para ele e para sua equipe. “O sofrimento diário de trabalhar em um projeto como esse desaparece, mas a profunda satisfação permanece”, diz Peter Weis. (mais…)

Sete erros na gestão de riscos que você deve evitar

Fazer errado pode ser pior do que não fazer nada. Há perigo de incorporar maus hábitos que podem aumentar o risco de uma organização.

Não confunda gestão de riscos com gerenciamento de risco de segurança. O objetivo do gerenciamento de risco de segurança é remover as conjecturas e ajudar a empresa a tomar decisões mais inteligentes. De acordo com Jay Jacobs, vice-presidente da Sociedade de Analistas de Risco da Informação (SIRA), a segurança é simplesmente um sistema de gestão de risco de apoio à decisão para o negócio. “Deve existir para informar as decisões da empresa.”

Infelizmente, segundo ele, muitos especialistas acreditam que a maioria das empresas não acordou para o fato, apesar dos esforços. O perigo está em incorporar maus hábitos que podem aumentar o risco de uma organização. (mais…)

Servicedesk de TI: você está fazendo isso errado

Falhas comuns em estruturas de servicedesk de Tecnologia da Informação.

Se o seu banco te atende mal quando precisa resolver um problema, o que você pensa da empresa? O que você fala para seus amigos da operadora de celular da qual é cliente, depois de passar 01h no telefone esperando por um atendimento?

Esta é a mesma impressão que os colaboradores da sua organização têm do departamento de TI: exatamente a mesma impressão que criam do atendimento que recebem quando ligam para solicitar algo. Por isso, dizemos que o servicesk é a porta de entrada do departamento de TI: se as coisas vão mal neste setor, toda a TI está comprometida em termos de nível de satisfação da organização com os serviços prestados.  (mais…)

Os 7 erros mais comuns ao usar o e-mail no trabalho

São Paulo – A linguagem da internet costuma ser abreviada, informal e até simplória. No e-mail de trabalho, no entanto, isso muda de figura. Depois que você aperta a tecla enviar, não há nada mais a ser feito. Se o e-mail corporativo tiver algum deslize – ortográfico, de tratamento, ou mesmo destinatário incorreto – só lhe resta enviar outro, com um pedido de desculpas.

Sandra Oliveira, representante da Dale Carnegie em São Paulo, recomenda que as pessoas tenham em mente que o e-mail corporativo também carrega sua imagem profissional. “O e-mail tem a sua cara”, diz ela. Portanto, acredite, erros mais graves podem colocar em xeque a sua reputação dentro da empresa e prejudicar a sua carreira. Confira quais são as gafes mais comuns cometidas em e-mails de trabalho e saiba como evitá-las. (mais…)

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!