Negócios

TI se sente despreparada para negócios digitais, indica Gartner

Apenas 41% dos profissionais de Tecnologia da Informação acreditam que os departamentos onde atuam estão prontos para os negócios digitais nos próximos dois anos. O resultado estampa uma pesquisa do Gartner, que consultou 948 pessoas, em 30 países, no primeiro trimestre de 2016.

O levantamento indica que prioridades de investimento, alterações de infraestrutura, habilidades de desenvolvimento e interações de negócios com TI estão em fluxo e que os trabalhadores responsáveis pela informática não têm certeza sobre como seus departamentos passarão pela transformação digital.

Para alguns entrevistados, as mudanças estão chegando muito rápido, enquanto que para outros, isso não está acontecendo. “Os profissionais sabem que é preciso mudar, pensar e agir de forma diferente, mas têm dificuldade em se adaptarem ao novo cenário”, observa a consultoria.

De acordo com o Gartner, a maioria dos setores de tecnologia está despreparada para as mudanças dos novos negócios digitais: 91% dos profissionais de TI entrevistados estão certos de que eles têm uma função a desempenhar na transformação digital de suas empresas. (mais…)

Use o Big Data para tomar decisões de negócios com maior rapidez

As grandes empresas, sobretudo as de serviços financeiros, estão adotando Big Data em um ritmo mais rápido do que o esperado, de acordo com estudo recente da NewVantage Partners com executivos seniores de mais de 50 grandes empresas, a maioria delas com mais de 30 mil funcionários, metade da área financeira.

Essas grandes empresas veem valor no Big Data e estão investindo para suportá-lo _ 85% dos entrevistados disseram que já têm iniciativas Big Data em curso.

“Mais de 75% estão investindo mais de 1 milhão de dólares por ano em Big Data”, diz Paul Barth, co-fundador da NewVantage Partners.  “Pouco mais de 25% estão investindo mais de 10 milhões de dólares por ano. Há um compromisso real com a utilização desta tecnologia”. (mais…)

Quatro tendências críticas em TI para a continuidade dos negócios

Em TI, o fracasso não é uma opção. Não surpreendentemente, as organizações tornaram uma prioridade alta desenvolver e implementar planos de negócios confiáveis de forma a garantir que os serviços essenciais de TI estejam sempre disponíveis para os usuários internos e clientes externos.

Mas desenvolvimentos tecnológicos recentes e a tendências, como a virtualização de servidores e desktop, a computação em nuvem, o surgimento de dispositivos móveis no ambiente corporativo e as redes sociais, estão impactando diretamente o modo como as empresas lidam com o Plano de Continuidade de Negócios. Grande parte do impacto é positivo, dizem os especialistas, mas estas tendências também pode criar novos desafios a gestão de segurança da informação e a gestão de riscos. (mais…)

Ex-funcionários da Google criam empresa de privacidade online

Em outubro de 2010, o engenheiro da Google Brian Kennish criou o Facebook Disconnect: uma extensão do Chrome que impede a rede social de monitorar quais sites você acessa. Ele remove, por exemplo, as opções “Curtir” e “Recomendar” que aparecem nas páginas de alguns portais. O complemento gratuito foi um sucesso refletido no número de downloads – já ultrapassou a marca dos 230 mil. (mais…)

Governança de TI em redes de pagamento transforma negócios

Quando você terminar de ler esta frase, milhões de transações de pagamento terão sido feitas.

Velocidade, rendimento e decisões precisas são tudo na indústria financeira. Uma típica transação de pagamento é autorizada em 50 milissegundos. Isso significa que a criação de produtos de pagamento para dispositivos móveis, por exemplo, desafia as organizações de TI de grandes redes de pagamento como Visa, MasterCard e American Express.

Infelizmente, o grande legado da infraestrutura de TI dessas redes perdura como um objeto potencialmente impossível de ser movido diante das necessidades dos clientes em constante mudança. Um modelo de negócios transformacional é necessário para atender as necessidades dos clientes de forma consistente e em seus canais de escolha. (mais…)

Lista: conheça 5 métricas de segurança da informação para negócios

Especialistas em segurança de informação gostam de argumentar sobre uma longa lista de possíveis métricas para medir a postura de seu sistema de segurança. Para gerentes e executivos, o cenário precisa ser simplificado para uma coleção menos controversa de medidas. Enquanto os administradores de segurança se focam em métricas técnicas, os gerentes e chefes têm como objetivo observar como a proteção interage com a empresa, afirmou Kevin Lawrence, associado sênior de segurança na empresa de segurança de TI Stach e Liu. (mais…)

4 dicas para implementar governança, riscos e compliance

Impulsionadas principalmente por exigências de conformidade com a Lei Sarbanes-Oxley, de 2002, muitas organizações estão adotando ferramentas de governança, risco e conformidade (GRC) para ajudar a gerenciar atividades nessas três áreas. Plataformas e conjuntos de soluções para automatizar coleta, correlação e comunicação de informações oferecem um quadro mais amplo de como a empresa está, mas também mapeiam se organização está em linha com a lei e o gestão de riscos. (mais…)

Mapa Mental de COBIT – Requisitos do Negócio – Critérios da Informação

Mapa Mental de COBIT – Requisitos do Negócio – Critérios da Informação (mais…)

Mídias sociais fomentam negócios, aponta levantamento

Estudo da Amcham mostra ainda que 65% companhias pretendem ampliar investimentos em redes sociais em 2012.

(mais…)