Mais alguns tipos de malwares: Adware, Scareware e Ransomware

Vamos iniciar pelo Adware, o qual é um tipo bem conhecido de malware. Muitos sistemas estão ativamente infectados com este tipo de malware das várias instalações e outras atividades que realizam. Quando esse tipo de software é implantado no sistema de uma vítima, ele exibe anúncios, pop-ups e telas de nag e pode até mudar a página de início do navegador.

Normalmente, este tipo de software é espalhado através de um download com outro software ou quando a vítima visita um site que implementa furtivamente em seu sistema.

Às vezes, o adware é implantado no sistema da vítima junto com o software legítimo de um desenvolvedor que é pago para incluir o malware na distribuição. Embora essa prática não seja necessariamente mal-intencionada no sentido mais puro, ela ainda se ajusta à definição de malware, porque muitas vítimas não sabem que estão
permitindo que este item adicional seja instalado.

Scareware

Um tipo relativamente novo de software é scareware. Este tipo de malware avisa a vítima de possíveis danos que poderiam acontecer se eles não tomar alguma ação. Normalmente, essa ação envolve o fornecimento de um número de cartão de crédito ou fazer outra coisa para comprar um utilitário que supostamente precisam limpar seu sistema. Em muitos casos, o utilitário que a vítima compra e instala é realmente outra coisa, como spyware, adware ou até mesmo um vírus.

Este tipo de software baseia-se na ignorância ou medo de potenciais vítimas que não sabem que estão sendo enganados.

Scareware tornou-se mais comum ao longo dos últimos anos como os usuários tornaram-se mais conhecedores e autores de malware tiveram que mudar suas táticas. Encorajar os usuários a clicar em diálogos realistas e apresentar mensagens de erro reais pode ser uma maneira poderosa de colocar software ilícito no sistema de um usuário.

Ransomware

Esta nova forma de malware é uma que está se espalhando rapidamente e pode causar muitos problemas para os infectados. Ransomware funciona tipicamente procurando por arquivos ou dados valiosos e criptografando-os. Uma vez que eles são criptografados, a vítima será informada de que eles precisam pagar uma quantia para obter o código para desbloquear seus arquivos. Outra forma deste tipo de malware não é criptografar arquivos, mas exibir imagens pornográficas em seu sistema e parar somente se uma determinada quantia for paga em resgate.

Sugestões de livros:

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Certificações que possuo: EC-Council CEH, CompTIA Security+, EXIN EHF, EXIN ISO 27001, MCSO, MCRM, ITIL v3. Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão e Governança de TI, Segurança da Informação e Ethical Hacking.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *