Boas práticas para melhorar seu perfil no LinkedIn

Ter postura e ética, interagir com relevância e compartilhar conhecimento pode aumentar muito as chances de bons negócios nessa rede profissional.

Com o crescimento das relações virtuais profissionais, é preciso relembrar algumas das boas maneiras para estar neste espaço e poder rentabilizar ao máximo a nossa presença, cumprindo todas as regras da boa etiqueta. Assim, destacamos 30 regras espalhadas pelos mais variados espaços e campos do LinkedIn.

Perfil

1. Nunca incluir informações falsas no perfil: menções a empresas onde não trabalhou, skills que não possui, etc.

2. Deve-se incluir fotografia profissional associada ao perfil e evitar avatares ou imagens manipuladas.

3. Sempre atualizar as suas informações após mudança profissional.

Convites

4. Enviar convites com texto personalizado, incluindo as razões para o convite.

5. Sempre agradecer pelos convites e enviar uma mensagem de apresentação profissional.

6. Nunca fazer convites afirmando ser AMIGO de uma pessoa que ainda não conhece!

Recomendações

7. Evitar pedir uma recomendação a alguém que não conhece pessoalmente ou com quem nunca tenha trabalhado.

8. Evitar receber / redigir recomendações a membros da família ou amigos somente para constar no Perfil LinkedIn.

9. Após receber uma recomendação, é interessante entrar em contato e fazer algum comentário.

Mensagens

10. Abolir o spam. Incomodar seus contatos com assuntos irrelevantes ou com mensagens não personalizadas é péssimo.

Exemplo 1: “Eu preciso de um emprego. E-mail para: desperado@arasca.com”.

Exemplo 2: “Compre, compre agora, compre barato…” (sem desenvolver qualquer comunicação com o novo contato LinkedIn).

11. Não incluir um membro da rede a uma mailing list da empresa, simplesmente porque está conectado no LinkedIn.

12. Sempre responder aos contatos recebidos.

Atualizações de estado

13. Evitar usar a atualização de estado para “tweets”! Atentem à conversa / assunto que trazem neste espaço. Deve-se moderar a sua frequência! Analise que tipo de assunto recebe maior atenção pela sua rede de contatos.

Introduções

14. É recomendável fazer introduções a outras pessoas. Interaja sempre que achar importante.

Eventos

15. Lançar não-eventos, ou seja, atividades regulares que decorrem durante um longo período de tempo é uma má prática. Normalmente é uma venda de produtos e serviços dissimulada.

LinkedIn answers

16. Não faça perguntas banais ou com o sentido de fazer sales-pitch.

17. Evite usar as respostas às perguntas para fazer publicidade à sua empresa / produto.

Linkedin empresas

18. Nunca recomende produtos ou serviços de empresas “amigas” apenas para ficar bem na página institucional.

Grupos

19. Sempre leia as regras do grupo.

20. Tenha bom senso e ponderação ao efetuar a divulgação de eventos, serviços ou produtos na área das discussões.

21. Não lance ofertas de emprego na área das discussões.

22. Não lance discussões com links para venda de produtos / serviços.

23. Os membros dos Grupos abertos LinkedIn que claramente não pertencem aos grupos = má prática.

24. Nunca se juntar aos grupos exclusivamente para autopromoção, deve-se trocar ideias e compartilhar conhecimento.

25. Evite fazer comentários sobre discussões ou perguntas sem valor agregado.

26. Nunca colocar uma discussão em grupos dizendo: “Por favor, contratem-me!”

27. Evitar colocar mensagens que não estejam alinhadas com o contexto da comunidade.

28. Nunca postar mensagens com conteúdo agressivo, que denigra pessoas e empresas ou que não contribuam com o contexto da comunidade.

29. Evite respostas a discussões sem ligação ao assunto.

Sondagens

30. Criar sondagens sem sentido ou fundamento e com intuitos assumidamente comerciais é uma má prática (Qual a melhor solução em informática? a) a minha? b) a minha? c) ou a minha?

Que sugestões podemos incluir nesta lista?

Fonte: Webinsider

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Certificações que possuo: CompTIA Security+, EXIN EHF, MCSO, MCRM, ITIL v3. Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão e Governança de TI, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!