Não prejudique a sua reputação profissional

image_pdfimage_print

Muitas vezes, acreditamos que está tudo indo bem na construção da imagem e reputação, mas algo dá errado e a imagem fica maculada. Saiba que existem alguns erros muito comuns cometidos pelas pessoas públicas, e que podem ser não apenas evitados, mas contornados em seu favor. Confira as cinco atitudes que precisam ser trabalhadas, conforme orientação da especialista em imagem e reputação, Nathana Lacerda.

1- Mascarar seus defeitos com uma “fachada”
Todo mundo possui defeitos. Algumas pessoas são inseguras, outras têm medo de se expor. Isso é comum, mas muitos acabam criando atitudes de “fachada”, que são posicionamentos que tiram a nossa autenticidade. Você conhece aquela pessoa que está sempre na defensiva justamente por ser insegura? Ou aquele líder que atua de forma dura porque, na verdade, tem medo de tomar iniciativas? É importante procurar melhorar a si mesmo, sempre. Muitas vezes é preciso compreender os próprios sentimentos e trazê-los à tona, para então amenizá-los.

2- Evidenciar preconceitos em momentos “espontâneos”
Em plena competição esportiva, o comentarista faz uma afirmação infeliz que mostra seu machismo diante de uma atleta. Em outro ambiente, um apresentador de TV faz piada com pessoas que pertencem a uma minoria que busca por mais direitos na sociedade há décadas. Estes são apenas dois exemplos de momentos que podem acabar com a imagem de alguém que não se posiciona desta forma no dia a dia. Quando você é totalmente espontâneo, você expõe seus verdadeiros valores. Então… que tal melhorar estes valores e ser uma pessoa com mais empatia?

3- Irritar-se com qualquer reclamação

Os haters estão aí, e o melhor a fazer é aceitar que eles existem. Alguns podem até fazer críticas construtivas ou capazes de abrir os nossos olhos para falhas e problemas, mas a maioria deles não faz parte do público-alvo e só traz críticas vazias. Por isso, é importante não se deixar levar por todo e qualquer comentário negativo. Ficar irritado e acreditar que é preciso “responder à altura” é o pior caminho a ser tomado e só mancha a sua reputação!

4- Acreditar que a opinião dos outros não importa
Você faz uma ação específica e muita gente não gosta, ou faz uma apresentação e recebe vaias. O que você faz? Se a sua atitude é não se importar com a opinião de tantas pessoas, é hora de repensar seu comportamento! Pedir desculpas, valorizar as críticas negativas e dar uma resposta exigida pela audiência é o mínimo que deve ser feito para transmitir a mensagem de que você se importa com a sua audiência.

ATENÇÃO: perceba que valorizar a opinião de uma grande parte da audiência ou uma reclamação, por exemplo, é completamente diferente de “dar ouvidos aos haters”.

5- Demonstrar falta de autoconfiança
Uma pessoa autoconfiante tem variações naturais no tom de voz, gestos comedidos e postura ereta sem ser exagerada. Demonstrar insegurança e desconforto vai fazer com que as pessoas percebam, mesmo que não sejam especialistas em linguagem corporal. Portanto, treinar a autoconfiança todos os dias e trabalhar o nervosismo é a melhor forma de não acabar com a própria imagem.

Fonte: http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=43382&sid=46#.V8iMTzWWVs8

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!