Lógica de Primeira Ordem: Sentenças, Proposições, Conectivos Lógicos, Princípios Fundamentais e Tabelas-Verdade

image_pdfimage_print

A lógica formal não se ocupa com os conteúdos pensados ou com os objetos referidos pelo pensamento, mas apenas com a forma pura e geral dos pensamentos, expressa pela linguagem.

Sentenças

As características básicas das sentenças são:

  •  um pensamento completo;
  • Composta por um sujeito (algo que se declara) e por um predicado (aquilo que se declara sobre o sujeito).

Tipos de Sentenças

Afirmativas

João foi comprar pão.

Negativas

Maria não gosta de queijo.

Imperativas

Estude muito.

Exclamativas

Como você está linda!

Interrogativas

Onde você vai?

Sentenças Abertas

São sentenças nas quais não podemos determinar o sujeito. Uma forma simples de identificá-las é o fato de que não podem ser nem Verdadeiras ou Falsas.

Aquele atirador errou todos os alvos.
X + Y + Z = 32.

Ele caiu.

Sentenças Fechadas

Já neste tipo de sentença, conseguimos determinar o sujeito e valorá-la com Verdadeiro ou Falso.

Proposições

São as sentenças afirmativas ou negativas formada por palavras ou símbolos que expressam um pensamento de sentido completo, podendo atribuir um valor lógico, uma valoração, ou seja, Verdadeiro ou Falso.

O céu é azul.
Amanhã vai chover.
João foi comprar pão. 

Conectivos Lógicos

Conectivos lógicos são palavras usadas para conectar as proposições formando novas sentenças.

Os principais conectivos lógicos são:

Conectivos Lógicos

Conectivos Lógicos

Princípios Fundamentais da Lógica Proposicional

  • O princípio de Identidade – Afirma que se qualquer enunciado é verdadeiro, então ele é verdadeiro.
  • O princípio da Não Contradição – Afirma que nenhum enunciado pode ser verdadeiro e falso.
  • O princípio do Terceiro Excluído – Afirma que um enunciado ou é verdadeiro ou é falso.

Tabelas-Verdade

Tabelas-Verdade

Tabelas-Verdade

Disjunção Exclusiva

Disjunção Exclusiva

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

7 Responses to “Lógica de Primeira Ordem: Sentenças, Proposições, Conectivos Lógicos, Princípios Fundamentais e Tabelas-Verdade”

  1. Lígia disse:

    Muito bom !!!!

  2. Suelen Vinter disse:

    Olá Diego, Estou estudando lógica e vi seu post. Muito bom e interessante!!!
    Vi você comentando sobre lógica de primeira ordem e postou um material explicando (muito bom por sinal). O que podemos dizer então que é lógica de segunda ordem?
    O concurso que estou estudando diz: Proposições Abertas (de primeira ordem e de segunda ordem). Estou meio perdida para encontrar esse material. Você pode me ajudar??

  3. jailson disse:

    Valeu pela iniciativa, está de parabéns!
    Quando falamos de Lógica de Primeira Ordem estamos nos referindo aos tipos de sentença Proposições, Conectivos Lógicos, Princípios Fundamentais e Tabelas-Verdade?
    Se puder responder minha pergunta agradeço.
    Abraço.

  4. Diana disse:

    Muito bom achar esse post. Estava desesperada. Lógica e mandarim para mim são as mesmas coisas.
    Já vi que seu blog é um ótimo refúgio para concursandos

    • Diego Macêdo disse:

      Olá Diana, primeiramente muito obrigado pelo elogio. Fico feliz que tenha gostado. E quanto ao meu blog ser um refúgio para concursando, isso eu nem sei te afirmar, mas eu posto muitas coisas de concursos, afinal eu também sou um concursando por enquanto. Espero realmente ter ajudado e fico a disposição para discutir qualquer questão de lógica.

      Em breve postarei mais assuntos sobre a disciplina.

      Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!