ICANN aprova .xxx para sites eróticos

image_pdfimage_print

SÃO PAULO – A diretoria da Icann (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers) aprovou nesta sexta-feira (25/6), que os sites pornográficos terão extensão própria, o “.xxx”.

A proposta, feita pela ICM Registry, se baseou em domínios específicos de outros segmentos, como a da indústria aeronáutica (.aero) e de movimentos de cooperativa (.coop).

“A decisão deverá trazer benefícios. É um reconhecimento a nossos esforços de seis anos para criar um endereço web específico para o entretenimento adulto online”, declarou o presidente da ICM Registry, Stuart Lawley.

Segundo dados do grupo de estudos Internet Pornography Statistics, mais de 3 mil dólares são gastos com pornografia na Internet a cada segundo, e a palavra “sex” (sexo em inglês) é o termos mais buscado no mundo, representando 25 por cento de todas as buscas na web.

Estima-se que existam cerca de 370 milhões de sites pornográficos na Internet, o que significa que “.xxx” pode se tornar o sufixo mais usado do mundo, talvez até superando o “.com”.

Alguns membros da indústria pornográfica, no entanto, são contrários à utilização do formato, alegando que o sufixo facilitaria a censura e poderia prejudicar os negócios. A direita religiosa norte-americana também é contra a criação do sufixo por razões morais.

Fonte: INFO

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!