O uso do PORQUÊ

Por que

Preposição + pronome interrogativo

Utilizado em frases interrogativas (diretas ou indiretas):

Por que não veio?” (Por qual razão/motivo)
“Gostaria de saber o por que lutamos.” (Por qual razão/motivo)
“Ela não veio por quê?” (Por qual razão/motivo)

Obs.: a palavra que em final de frase, acompanhada de ponto (. ? ! …) recebe acento circunflexo.

Preposição + pronome relativo

Equivalente a pelo qual (e suas variações).

“Ela é a mulher por que me apaixonei.” (pela qual)
“Não conheço as pessoas por que espero.” (pelo qual)

Porque

Conjunção

É conjunção causal ou explicativa, com valor aproximado de “pois”, “uma vez que”, “para que”.

“Eu não fui à escola porque estava doente.” (pois/uma vez que/para que)
“Venha depressa, porque sua presença é indispensável.” (pois/uma vez que/para que)

Porquê

Substantivo

Vem sempre acompanhado de uma palavra que o caracteriza (artigo, pronome, adjetivo ou numeral).

“Deve haver um porquê para ele se atrasar tanto.” (razão/motivo)
“Qual o porquê da sua revolta?” (razão/motivo)

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Certificações que possuo: CompTIA Security+, EXIN EHF, MCSO, MCRM, ITIL v3. Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão e Governança de TI, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!