Maceió terá provas para concurso do Senado, com salários de R$ 23 mil

image_pdfimage_print

Maceió será um dos locais de prova para o concurso que o Senado Federal lançou nesta terça-feira. Os quatro editais para o certame foram publicados no Diário Oficial da União (DOU). As provas estão marcadas para o dia 11 de março e a Fundação Getúlio Vargas (FGV) será a organizadora.

Senado

A previsão é de preenchimento de 246 vagas inicialmente, no Senado Federal, em Brasília. São 104 para o cargo de técnico legislativo (nível médio), 133 para analista legislativo (nível superior) e nove para consultor legislativo (nível superior).

Será admitida inscrição exclusivamente on-line pelo site da FGV, no endereço eletrônico www.fgv.br, até as 23h59min do dia 5 de fevereiro de 2012, observado o horário oficial de Brasília.

A taxa de inscrição terá o valor de R$ 200 para o cargo de Consultor Legislativo (áreas de Consultoria e Assessoramento Legislativo e Consultoria e Assessoramento em Orçamentos). A remuneração inicial é de R$ 23.826,57

Para o cargo de Analista Legislativo nas áreas de apoio Técnico ao Processo Legislativo, Apoio Técnico-Administrativo, Controle Interno, Saúde e Assistência Social, Instalações, Equipamentos, Ocupação e Ambientação de Espaço Físico, Redação e Revisão de Textos Gráficos, Comunicação Social e Tecnologia da Informação) a taxa de inscrição será de 190. Para estes cargos, a remuneração inicial é de R$ 18.440,64.

Já para os cargos de Técnico Legislativo (nas áreas de Apoio Técnico ao Processo Legislativo; Apoio Técnico-Administrativo; Saúde e Assistência Social; Instalações, Equipamentos, Ocupação e Ambientação de Espaço Físico; e Apoio Técnico ao Processo Industrial Gráfico) e Policial Legislativo a taxa de inscrição é de R$ 180,00 e a remuneração inicial é de R$ 13.833,64.

Mais informações sobre o Concurso do Senado podem ser obtidas no site da FGV ou pelo telefone 0800-2834628 e pelo email senado11@fgv.br.

Provas

As provas da primeira etapa do concurso serão realizadas no dia 11 de março de 2012, nas capitais de todos os Estados brasileiros e no Distrito Federal, de forma a garantir amplo acesso dos interessados e uma seleção abrangente. As provas para os cargos de Consultor Legislativo e Técnico Legislativo ocorrerão em turno oposto às avaliações para o cargo de Analista Legislativo, permitindo aos candidatos a possibilidade de concorrer a mais de um cargo.

Serão aplicadas provas discursivas para todos os cargos, além de prova de títulos para o cargo de Consultor Legislativo. Aos candidatos para o cargo de Técnico Legislativo, especialidade Policial Legislativo Federal, será exigida, ainda, aptidão física e psicológica, assim como investigação social e documental e aprovação em curso de formação específico.

Confira aqui os editais:

Fonte: Tudo na Hora

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!