Maceió terá provas para concurso do Senado, com salários de R$ 23 mil

Maceió será um dos locais de prova para o concurso que o Senado Federal lançou nesta terça-feira. Os quatro editais para o certame foram publicados no Diário Oficial da União (DOU). As provas estão marcadas para o dia 11 de março e a Fundação Getúlio Vargas (FGV) será a organizadora.

Senado

A previsão é de preenchimento de 246 vagas inicialmente, no Senado Federal, em Brasília. São 104 para o cargo de técnico legislativo (nível médio), 133 para analista legislativo (nível superior) e nove para consultor legislativo (nível superior).

Será admitida inscrição exclusivamente on-line pelo site da FGV, no endereço eletrônico www.fgv.br, até as 23h59min do dia 5 de fevereiro de 2012, observado o horário oficial de Brasília.

A taxa de inscrição terá o valor de R$ 200 para o cargo de Consultor Legislativo (áreas de Consultoria e Assessoramento Legislativo e Consultoria e Assessoramento em Orçamentos). A remuneração inicial é de R$ 23.826,57

Para o cargo de Analista Legislativo nas áreas de apoio Técnico ao Processo Legislativo, Apoio Técnico-Administrativo, Controle Interno, Saúde e Assistência Social, Instalações, Equipamentos, Ocupação e Ambientação de Espaço Físico, Redação e Revisão de Textos Gráficos, Comunicação Social e Tecnologia da Informação) a taxa de inscrição será de 190. Para estes cargos, a remuneração inicial é de R$ 18.440,64.

Já para os cargos de Técnico Legislativo (nas áreas de Apoio Técnico ao Processo Legislativo; Apoio Técnico-Administrativo; Saúde e Assistência Social; Instalações, Equipamentos, Ocupação e Ambientação de Espaço Físico; e Apoio Técnico ao Processo Industrial Gráfico) e Policial Legislativo a taxa de inscrição é de R$ 180,00 e a remuneração inicial é de R$ 13.833,64.

Mais informações sobre o Concurso do Senado podem ser obtidas no site da FGV ou pelo telefone 0800-2834628 e pelo email senado11@fgv.br.

Provas

As provas da primeira etapa do concurso serão realizadas no dia 11 de março de 2012, nas capitais de todos os Estados brasileiros e no Distrito Federal, de forma a garantir amplo acesso dos interessados e uma seleção abrangente. As provas para os cargos de Consultor Legislativo e Técnico Legislativo ocorrerão em turno oposto às avaliações para o cargo de Analista Legislativo, permitindo aos candidatos a possibilidade de concorrer a mais de um cargo.

Serão aplicadas provas discursivas para todos os cargos, além de prova de títulos para o cargo de Consultor Legislativo. Aos candidatos para o cargo de Técnico Legislativo, especialidade Policial Legislativo Federal, será exigida, ainda, aptidão física e psicológica, assim como investigação social e documental e aprovação em curso de formação específico.

Confira aqui os editais:

Fonte: Tudo na Hora

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Certificações que possuo: CompTIA Security+, EXIN EHF, MCSO, MCRM, ITIL v3. Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão e Governança de TI, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!