Tipos de Pentest

O teste de intrusão é um processo de análise detalhada do nível de segurança de um sistema ou rede usando a perspectiva de um infrator. Trata-se de um teste realista do nível de segurança da infra-estrutura para obter a informação que ela contém.

No teste de invasão são testadas vulnerabilidades técnicas e conceituais da infra-estrutura alvo.

O objetivo principal é simular de forma controlada um ataque real que normalmente é executado por infratores. desta maneira seria possível obter o conhecimento total do que poderia acontecer caso esse ataque realmente existisse, garantindo assim a possibilidade de uma estratégia de prevenção.

Os tipos de Pentest, são:

  • Blind – Neste tipo de ataque o auditor não conhece nada sobre o alvo que irá atacar, porem o alvo sabe que será atacado e o que será feito durante o ataque.
  • Double Blind – Neste tipo de ataque o auditor não conhece nada sobre o alvo, e o alvo não sabe que será atacado e tão pouco quais testes serão realizados.
  • Gray Box – Neste tipo de ataque o auditor tem conhecimento parcial do alvo, e o alvo sabe que será atacado e também sabe quais testes serão realizados. Este é o tipo de pentest mais realista possível, aproximando-se de um ataque real.
  • Double Gray Box – Neste tipo de ataque o auditor tem conhecimento parcial do alvo, e o alvo sabe que será atacado, porém, não sabe quais testes serão executados.
  • Tandem – Neste tipo de ataque o auditor tem total conhecimenot sobre o alvo, e o alvo sabe que será atacado e também o que será testado. Este tipo de ataque também é conhecido como “caixa de cristal”.
  • Reversal – Neste tipo de ataque o auditor tem conhecimento total do alvo, porém o alvo não sabe que será atacado, e tão pouco quais testes serão executados. Este tipo de ataque é ideal para testes a capacidade de resposta e como está o timing de acão da equipe de resposta a incidentes do alvo.

Fonte: Hercules-Now

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Certificações que possuo: CompTIA Security+, EXIN EHF, MCSO, MCRM, ITIL v3. Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão e Governança de TI, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!