Computing

Ataques de computação em nuvem

No mundo da computação em nuvem, vários ataques podem ser empregados contra um alvo. Muitos deles são variações ou são os mesmos que você já viu, mas existem alguns com uma roupagem nova. Muitos dos ataques que exploraremos aqui podem ser executados contra qualquer um dos modelos de serviço em nuvem mencionados anteriormente sem qualquer variação. (mais…)

Ameaças à segurança na nuvem

Os ambientes de nuvem não significam menos problemas relacionados à segurança. Muitas das mesmas questões de ambientes tradicionalmente hospedados existem na nuvem. A segurança na nuvem deve ser tratada com muita seriedade, tão seriamente quanto em qualquer outra situação em que você tenha serviços de críticos, dados importantes e processos de negócios dos quais você depende para manter as coisas em movimento. Para entender os tipos de ameaças que existem na nuvem e como eles podem afetar seu ambiente, veremos uma lista de problemas de segurança que são universalmente reconhecidos como sendo os maiores, mas não os únicos enfrentados pelos ambientes na nuvem: (mais…)

O que é a nuvem?

Enquanto a computação em nuvem é um termo “novo”, não é um conceito novo e é realmente uma versão madura e mais madura do que costumava ser conhecido como grid computing. Não importa o que você chama, a nuvem é uma maneira de mover serviços, infra-estrutura e plataformas para o novo ambiente. Idealmente, este movimento torna o crescimento e gerenciamento de software e outras tecnologias mais fácil e mais rentável do que antes.

O conceito de nuvem vem evoluindo nas últimas três décadas com muitas idéias diferentes e desenvolvimentos convergentes para tornar a nuvem que conhecemos hoje. É claro que o que inicialmente foi considerado como uma forma de reunir recursos e fornecer armazenamento tornou-se muito mais do que isso nos últimos anos.

Então, o que é a nuvem exatamente, e como podemos defini-la de uma forma que faz sentido? Em geral, podemos dividir a lista de características de uma solução de computação em nuvem em algo bastante simples e sucinta:

  • On-Demand Self-Service – Os usuários de serviços em nuvem têm a capacidade de ajustar, personalizar e configurar os serviços necessários para atender às suas necessidades tanto agora como no futuro.
  • Broad Network Access – Recursos que podem ser acessados a partir de qualquer dispositivo conexão. A nuvem é projetada para ser acessada de qualquer lugar.
  • Pooling de recursos – Os recursos de computação do provedor são agrupados para atender vários usuários usando um modelo multi-tenant, com diferentes recursos físicos e virtuais dinamicamente atribuídos e reatribuídos de acordo com a demanda do usuário.
  • Capacidades de Elasticidade Rápida – A nuvem tem a capacidade de ser expandida e ajustada para adicionar mais desempenho, espaço ou capacidade ao sistema, permitindo que o usuário cresça conforme necessário sem ter que se preocupar com o processo. Na verdade, para eles pode parecer que eles têm espaço e recursos ilimitados.
  • Serviço mensurado – Os sistemas de cloud computing controlam e otimizam automaticamente o uso de recursos alavancando uma capacidade de medição em algum nível de abstração apropriado ao tipo de serviço. O uso de recursos pode ser monitorado, controlado e relatado, proporcionando transparência para o provedor e o usuário.

(mais…)

Segurança deixa empresas alerta com migração para nuvem

A falta de confiança na nuvem tem deixado empresas com “pé atrás” na migração para a nuvem, e uma pesquisa divulgada pela Infonetics mostra que por aproveitar essas oportunidades, os serviços de segurança para esse ambiente podem crescer mais de 69% por ano, até 2017.

A segurança é uma alerta para as empresas, e tem desencorajado os empreendedores, e segundo dados divulgados pelo 176 IT security, apenas 46% migraram aplicações de missão crítica e dados sensíveis, por estarem preocupados com segurança. (mais…)

5 perguntas que devem ser feitas antes da adoção de software na nuvem

Quando o conceito de software como serviço (SaaS) surgiu, os clientes se perguntavam o que exatamente enquadrava, quem oferecia e sobre os princípios de segurança. Hoje, a tecnologia está mais consolidada e os clientes já pensam em melhores práticas, em governança e em como investir internamente para fazer melhor uso do serviço.

Um olhar mais profundo desse novo cenário mostra que as companhias estão abordando o SaaS de maneira mais estratégica.

Baseado nas questões mais comuns, é possível separar os cinco pontos mais abordados pelas empresas que querem ser mais estratégicas com SaaS. (mais…)

Seis custos ocultos da nuvem e como evitá-los

Não deveria ser nenhuma surpresa agora que organizações de todos os tamanhos estão migrando para a nuvem com grandes esperanças de reduzir CapEx, tornando mais previsível o OpEx, melhorar a escalabilidade, tornando a gestão mais fácil e melhorar a preparação para desastres. Na verdade, nas primeiras semanas de 2013, um novo estudo da Symantec revela que, no mínimo, 94% das 3.236 organizações ouvidas em 29 países, incluindo o Brasil (com 102 empresas participantes), estão discutindo a migração para a nuvem ou a adoção de serviços de cloud, contra 75% um ano atrás. Mas a Symantec também informa que as empresas que já migraram para a nuvem inevitavelmente encontraram uma série de custos escondidos.

“Este é um levantamento amplo e robusto”, diz Dave Elliott, gerente sênior de marketing de produto para marketing nuvem global da Symantec. “Levamos nove meses planejando e dois meses na implementação. O que descobrimos é que as organizações têm, de fato, abraçado a nuvem.'” (mais…)

Uso clandestino de cloud computing pode ser controlado

Cada vez mais, a utilização de serviços de cloud computing é inevitável, incluindo o uso clandestino de serviços, sem o conhecimento dos departamentos de TI das empresas. Mais de 75% das empresas abrangidas em recente estudo da Symantec têm usuários que partilharam ou armazenaram dados em plataformas que escapam ao controle do departamento de TI. E das 3,236 organizações questionadas para o “Avoiding the Hidden Costs of the Cloud 2013?, cerca de 83% das grandes empresas e 70% das PME utilizam esses serviços “clandestinos” .

O diretor de marketing de produtos de cloud computing da Symantec considerou não haver hipótese de inversão da tendência. E lembra que as empresas, na realidade, não vão querer impedir esta tendência, devido aos benefícios de produtividade que a utilização da nuvem traz. Por isso, tal como outros especialistas, Dave Elliott  considera que o departamento de TI deve trabalhar para mitigar os riscos. (mais…)

Onde encontrar cursos para tornar-se arquiteto de cloud

Especialização em TI é passaporte importante para conquistar bons empregos em grandes companhias. Experiência e certificação formam uma dupla de sucesso na carreira. Com a demanda por talentos em cloud computing em alta, obter uma credencial no modelo faz com que o profissional conquiste posições de destaque no mercado.

No Brasil, diversas empresas e entidades incluíram nuvem na agenda de cursos. A HP é uma delas. Os treinamentos em cloud da HP ficam sob o guarda-chuva HP ExpertOne e são ministrados pela HP Education Services e empresas parceiras, como Cybertron, INDC e NSL. Os materiais de estudo são fornecidos pela HP. Os preços variam de acordo com a empresa e o local do treinamento. (mais…)

Utilizando cloud computing como um facilitador de segurança

Há muito tempo, uma pergunta está no ar: a nuvem é segura? Estamos programados para pensar em cloud computing com um desafio de segurança. Da perda de governança à preocupação com a segmentação de outras atividades de TI na nuvem, até a potencial perda de dados e vazamento de informação, existem vários riscos que devemos considerar ao implementar uma estratégia baseada em cloud computing. (mais…)

Governança de TI e o bom uso de cloud

A Associação global de suporte aos profissionais de governança de TI – ISACA- definiu seis princípios-chave para o bom uso da computação na nuvem. De acordo com a organização, sem supervisão e governança das decisões de computação em nuvem, há uma grande possibilidade de se criar um risco significativo para as organizações. E para impedir que isso aconteça, a ISACA definiu os seis princípios-chave para o bom uso da computação na nuvem. Saiba quais são eles: (mais…)

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!