SOS: o que fazer quando os vírus dominarem seu computador

Sempre que você utiliza um computador ou mesmo o celular, está suscetível a ataques de todos os tipos. Incansáveis, os malwares estão continuamente buscando brechas de segurança para invadir máquinas, roubar dados ou simplesmente utilizar o seu computador como ponto de acesso para outros dispositivos.

Com tanta variedade de vírus e spywares e como estamos sempre conectados à internet, fica quase impossível um computador passar toda a sua vida útil sem sofrer com invasões e infecções. Nem mesmo as pessoas mais cuidadosas estão livres desses problemas.

Não é raro encontrar pessoas relativamente desesperadas em fóruns ou mesmo no Tecmundo, procurando soluções para livrar seus computadores dessas pragas. Por isso, reunimos algumas dicas de como mandar os vírus para bem longe. Confira!

Usando um pendrive

Os dispositivos de armazenamento portáteis já provaram que podem ser mais do que simples carregadores de arquivos. Instalando aplicativos nos pendrives, esses pequenos discos podem servir como verdadeiros prontos-socorros de uma máquina.

No artigo Como criar um pendrive de primeiros socorros para o seu computador, o Tecmundo ensina a transformar seu disco flash em uma poderosa ferramenta para socorrer você (e seus amigos) nas horas mais difíceis, quando tudo no computador para de funcionar.

Windows Defender

A Microsoft lançou uma versão offline do Windows Defender (o Windows Defender Offline Tool) que pode ser instalada em um pendrive ou outra mídia portátil (CD e DVD, por exemplo). Com isso, você consegue varrer todos os arquivos do computador em busca de vírus. Clique aquipara baixar esta poderosa ferramenta e veja abaixo como é fácil utilizá-la.

Importante!

Antes de começar a instalação do Windows Defender Offline Tool, certifique-se de que não há arquivos importantes no pendrive que será utilizado, pois a ferramenta formata o dispositivo antes de copiar os arquivos para o disco portátil.

O pendrive também não pode ter nenhum sistema de proteção dos dados por criptografia, senão o Windows não terá permissão para acessar os arquivos do dispositivo para rodar o Windows Defender Offline Tool.

Como fazer

O Windows Defender Offline Tool não precisa ser instalado em seu computador para que você possa criar um pendrive de ajuda. Basta clicar duas vezes sobre o executável baixado para que a ferramenta comece a rodar. Na primeira tela que aparecer, clique em “Next” para dar sequência ao procedimento.

O próximo passo é escolher em que tipo de mídia o Windows Defender Offline Tool será instalado. São duas as opções: CD ou DVD e USB flash drive (pendrive). O programa permite ainda que você crie uma imagem ISO para depois gravá-la em algum dispositivo. Depois de selecionar a opção de sua preferência, clique em “Next” novamente.

Agora é hora de escolher a unidade de disco para a qual os arquivos deverão ser copiados. Certifique-se de marcar a opção correta, pois qualquer desatenção pode fazer com que o HD errado seja formatado. Uma vez que o dispositivo seja selecionado, pressione o botão “Next” mais um vez.

Uma mensagem de alerta será exibida, a qual lembra que todos os arquivos presentes no pendrive serão apagados. Para dar início ao processo de cópia, clique sobre a opção “Next”. A tela seguinte mostra as etapas do procedimento, bem como a barra de progresso.

Quando o Windows finalizar a criação do pendrive bootável com o Windows Defender Offline Tool, você será avisado, e novas instruções serão mostradas na tela. Pronto! Agora é só reiniciar o computador com o pendrive conectado e dar início à varredura do disco.

Outros discos de boot

Existem outros discos inicializáveis que ajudam na hora de livrar o sistema de vírus que se instalaram. As ferramentas mais comuns são:

Ter essas ferramentas pode ser uma mão na roda nos momentos de maior pânico, quando a máquina simplesmente não responde aos seus comandos. O Tecmundo fez ainda uma seleção de programas essenciais para a proteção do seu computador. Clique aqui e veja a lista completa e atualizada.

Estou infectado?

Com tantos tipos de ataques diferentes, como saber se a sua máquina está realmente infectada ou se é simplesmente um pouco de lentidão? Em Segurança: que indícios podem apontar que o computador está com vírus?, você confere diversas dicas para diagnosticar possíveis sintomas de um sistema operacional com invasores.

Para complementar a leitura, não deixe de acessar também o artigo Como identificar um ataque por phishing.

Todo cuidado é pouco

Ataques de vírus na internet não são raros, mas alguns cuidados simples podem ajudar a manter sua máquina livre de problemas por mais tempo. A disseminação de vírus pelas redes sociais é uma das principais causas de infecção de computador na atualidade. Por meio dos sites de relacionamento, os crackers procuram ludibriar as pessoas ou espalhar arquivos infectados para roubar dados pessoais.

Glossário do Mal pode ajudar você a ficar por dentro de todos os tipos de ameaças virtuais que rondam conexões em busca de brechas para invadir não só o seu computador, mas sua vida pessoal também. Vale lembrar ainda que todo cuidado é pouco na hora de abrir emails e clicar em links enviados.

Fonte: Tec Mundo

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL).
Certificações que possuo: CompTIA Security+, EXIN EHF, MCSO, MCRM, ITIL v3.
Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão e Governança de TI, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!