Senha do Banco Central da França era “123456”

image_pdfimage_print

Certamente, a senha que você utiliza em sua conta de email é muito mais eficiente do que a que era utilizada pelo Banco Central da França. A instituição entrou em alerta nesta semana, imaginando que pudesse ter sido hackeada.

Após uma rápida busca, as autoridades descobriram com facilidade quem é que havia sido o autor da façanha de acessar o seu sistema via telefone. Contudo, ao encontrar o suspeito, perceberam que, na verdade, o problema era muito pior.

O autor do acesso, que não teve a sua identidade revelada, não era nenhum gênio da informática, mas sim um cidadão comum que, acidentalmente, havia digitado a senha mais óbvia possível: “123456”. Sim, acredite: a senha de um dos maiores bancos da França era a sequência numérica mais óbvia possível. Além disso, posteriormente, foi descoberto que a senha “654321” também funcionaria.

Diante de uma falha tão grotesca de segurança, o “invasor” do sistema do Banco Central da França foi liberado sem precisar prestar maiores esclarecimentos. Já o sistema o bancário, garante a instituição, ganhou uma nova senha mais complexa o que, convenhamos, não é muito difícil, não é mesmo?

Fonte: Ubergizmo – Via TecMundo

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!