Porque o departamento de TI precisa de gestão de portfólio de serviços

image_pdfimage_print

07 motivos para você adotar o gerenciamento do portfólio de serviços de TI, segundo as melhores práticas da ITIL.

Dentro do escopo da biblioteca da ITIL, o gerenciamento do portfólio de serviços de TI é o processo da etapa da Estratégia que tem como objetivo gerenciar os serviços de TI durante todo o ciclo de vida, focando no valor que este serviço entrega para a área de negócio. Em outras palavras, é o processo que estabelce como seu gestor irá executar ações como:

  • Definir quais serviços propostos estão associados a objetivos de negócio;
  • projetar as métricas, demonstrando o valor a ser entregue pelo serviço novo ou alterado;
  • aprovar serviços novos ou alterados a serem entregues ao(s) cliente(s);
  • acompanhar indicadores estratégicos do serviço durante o ciclo de vida;
  • aposentar serviços quando estes não entregam mais o valor esperado;
  • agir com requisições de mudança para ajustar serviços que devam se adequar melhor a área de negócio;
  • relatar os indicadores dos serviços com foco estratégico, demonstrando o valor que eles agregam ao negócio da organização;
  • entre outros.
Ou seja, este papel estratégico dentro do departamento de TI simplesmente deve se responsabilizar pelo retorno de investimento para os serviços entregues, cuidando para que eles se adequem as necessidades de negócio.
A seguir, elejo 07 benefícios notados quando aplicado o processo de gerenciamento do portfólio de serviços de TI. Espero que seja útil!
1) Contribui para melhor retorno de investimento em TI
As atividades deste processo cuidam para que o serviço seja analisado e acompanhado, garantindo que apenas serviços adequados estejam em operação. O próprio aprendizado do processo tornará seu gestor assertivo, com o passar do tempo, fazendo com que suas métricas sejam pensadas e repensadas, buscando aquelas que realmente preveem e acompanham o resultado dos serviços de TI na área de negócio.

2) Ajuda a justificar novos serviços
Junto com o processo de gestão financeira, este processo irá definir atividades que projetam as consequências do novo serviço quando este estiver em operação, considerando benefícios, retorno de investimento e também riscos. O gestor do portfólio (ou gestor do produto), portanto, irá trabalhar para identificar as projeções que sejam compreendidas pela área de negócio.

3) Contribui para evitar o acúmulo de serviços desnecessários
A ausência deste processo é diagnosticada no ambiente de TI, sobretudo, quando são detectados diversos serviços para quais não existe uso significante, necessidade explicita ou mesmo conhecimento de sua existência pela organização. Licenças de software desnecessárias, sistema quais não se utilizam 10% das funcionalidades, equipamento ociosos; todos estes são exemplos de situações indesejadas que podem ser evitadas se há uma boa gestão do portfólio de serviços de TI.

4) Ajuda a prover uma imagem estratégica do departamento de TI
Nem sempre é fácil demonstrar que TI deve fazer parte da estratégia da organização. A ação de um bom gestor deste processo pode ajudar a conviver com este desafio, pois ele relata freqüentemente como os indicadores de desempenho de TI contribuem para a estratégia da empresa. Este processo é fundamental para ligar este pontos: objetivos de TI x objetivos de negócio.

5) Melhora a comunicação entre TI e área do negócio
Consequência do objetivo 04: o uso de métricas e linguagem de negócio para acompanhar os serviços de TI trará uma compreensão maior a área de negócio em relação ao que eles representam para a organização.

6) Contribui para uma melhor modelagem dos serviços de TI
O sistema deve ser desenvolvido internamente ou terceirizado? Adquirir desktops ou contratar como um serviço? Qual estrutura de servicedesk utilizar? Este processo contribui para encontrar respostas como estas. Seu gestor deve acompanhar e estar atento para as melhores decisões, baseadas no aprendizado com suas próprias atividades e técnicas. Ele ele deve usar o modelo mais adequado do serviço, baseado na utilidade e garantia, mantendo também a eficiência de custos.

7) É Fator crítico de sucesso para o Planejamento Estratégico de TI

Por ultimo, vale lembrar que a execução adequada deste processo é essencial para que oplanejamento estratégico de TI (PETI) seja traduzido em serviços adequados entregues durante o ciclo de vida dos serviços. O portfólio é uma peça importante entre o plano estratégico e a etapa de desenho de serviços.

Fonte: Portal GSTI

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!