O que é VoIP e como funciona?

image_pdfimage_print

VoIP, ou Voz sobre Protocolo de Internet, é um método que consiste em transformar sinais de áudio analógicos, como os de uma chamada telefônica, em dados digitais que podem ser transmitidos através da Internet ou de qualquer outra rede de computadores baseada em IP (Protocolo de Internet). Uma das vantagens que isso pode trazer é que uma conexão de Internet pode se tornar uma maneira de fazer ligações telefônicas gratuitamente, embora geralmente apenas para outro sistema VoIP. Diversos softwares que tem essa finalidade estão disponíveis de graça, o mais famoso deles é o Skype.

Surgido ainda no início da década de 1990, mas se tornando notório apenas após a popularização da Internet banda larga, o VoIP pode funcionar de duas formas. A primeira é quando uma ligação é feita de um computador para outro computador. Nesse caso, tudo que é falado no headset ou no microfone é transformado em informação binária e transmitido através da Internet. A segunda forma é quando a ligação é feita para um telefone ou celular convencional. Neste caso a voz também é transformada em informação, que passa pela Internet até chegar às centrais telefônicas, onde é transformada em sinais analógicos, que é o sinal recebido pelos telefones convencionais.

Exemplo de ATA (adaptador telefônico)

Quem utiliza um aparelho telefônico comum pode usufruir do sistema VoIP, caso tenha contratado o serviço junto a uma operadora. Para isso basta que ele utilize um dispositivo chamado ATA (adaptador telefônico analógico), que é uma espécie de conversor analógico-digital. Ele pega o sinal analógico do telefone e converte em dados digitais para transmissão pela Internet.

Numa ligação VoIP, ao tirar o telefone do gancho, um sinal é enviado ao ATA, que o recebe e envia um sinal de discagem, sabendo assim que há uma conexão ativa com a Internet. Quando o número do telefone desejado é discado, os tons são convertidos pelo ATA em dados digitais que são armazenados temporariamente. Os dados do número telefônico são enviados na forma de uma solicitação para o processador de chamadas da operadora VoIP, que verifica os dados para certificar-se de que estão em um formato válido, e determina para onde mapear o número telefônico, que ao ser mapeado é traduzido como um endereço IP. Os dois aparelhos, nos dois lados da chamada, são então conectados. Um sinal é enviado para o ATA do número que receberá a chamada, fazendo o aparelho tocar, e quando ele for atendido, uma sessão é estabelecida entre os dois lados.  Durante a conversa, os sistemas transmitem pacotes, convertidos pelos ATAs no sinal analógico de áudio que você ouve. Ao desligar, o circuito entre o ATA e o telefone é fechado, encerrando a sessão.

Além dos aparelhos analógicos convencionais, existem também os telefones IP, parecidos em tudo com um telefone comum, fora pelo fato de utilizarem conectores RJ-45 (os mesmos das placas de rede de computadores) ao invés dos conectores telefônicos padrão RJ-11. Os telefones IP conectam-se diretamente ao roteador e contêm todo o hardware e software integrado para fazer uma ligação IP, eliminando a necessidade da utilização de um ATA para essa finalidade.

Fonte: Tech Tudo

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!