Mercado brasileiro de Segurança da Informação aquecido – e internacional também

image_pdfimage_print

De acordo com o último levantamento da consultoria IDC, o mercado brasileiro de segurança da informação movimentou US$ 779 milhões em 2011. Desse total 32% foram destinados a software, 25% a hardware e 43% a serviços.

O estudo foi feito com fornecedoras e parceiras de tecnologia com atuação no Brasil. Nesse estudo todas as empresas entrevistadas acreditam no ritmo forte de crescimento do setor para os próximos cinco anos.

Apenas 15% das empresas brasileiras conhecem as necessidades ao negócio em termo de proteção, 40% tem noção do que comprar e os outros 45% dependem muito do apoio do parceiro especializado.

“Hoje, a Segurança da Informação ainda é vista como um investimento sem retorno direto ao negócio. Por essa razão, muitos projetos de proteção são postergados dentro das empresas”, informa Célia Sarauza, gerente de Pesquisa e Consultoria da IDC Brasil. Veja mais informações no link.

Falando em investimento na área de segurança a Google comprou a empresa VirusTotal possibilitando a eliminação de conteúdos infectados em seus serviços. A VirusTotal faz a checagem em diversos antivírus de arquivos e páginas e depois envia os resultados aos fornecedores de segurança.

Como nos resultados estão incluídos os documentos e sites submetidos, o serviço é considerado fonte valiosa de informação pela indústria de segurança sobre novas ameaças e alvos em potencial.

Na última sexta-feira (7),  a VirusTotal enfatizou que vai continuar realizando seu serviço de forma independente. Mais informações no link.

Fonte: Blog SegInfo

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!