Malware usa smartphone Android para infectar o PC e gravar conversas

image_pdfimage_print

A empresa de segurança Kaspersky Lab identificou o primeiro aplicativo malicioso para Android já visto que parece ser projetado não para atacar o smartphone em si, mas sim qualquer PC que seja posteriormente conectado a ele.

Descoberto no Google Play (sim, a loja online hospeda malwares, apesar das tentativas da gigante de limpá-la), o código arbitrário tem como alvo pessoas que falam russo; e se disfarça como um utilitário para limpeza de memória do smartphone. Ao baixar o app, as vítimas acabam com três arquivos malware em qualquer cartão SD conectado a seus smartphones.

Qualquer PC que se conecta ao celular no modo emulação USB (que identifica os celulares como se fossem unidades de disco externas) e velho o bastante para impedir o Autorun do Windows, acabará atingido pelo Backdoor.MSIL.Ssucl.a.

Essa é uma nova forma de ataque a PCs, mas por que um engenheiro de malware faria isso?

Estranhamente, o primeiro propósito do código é gravar qualquer áudio detectado pelo microfone embutido da máquina, salvando-o em um arquivo que, então, é enviado a um servidor em um formato criptografado.

O malware também tem acesso total ao smartphone, mas essa pode ser uma atividade secundária.

“Genericamente falando, salvar o autorun.inf e um arquivo PE em um flash drive é uma das formas mais simples de distribuir malwares”, afirmou o pesquisador da Kaspersky Lab, Victor Chebyshev. “Ao mesmo tempo, fazendo isso por meio de um smartphone e, então, esperando por uma conexão com o PC é um vetor de ataque completamente novo.”

A dependência do Autorun fortemente sugere que o malware estava deliberadamente procurando por vítimas que executam versões do Windows anteriores ao 7 – uma população em declínio em países como o Reino Unido e EUA, mas ainda notável em ex-repúblicas soviéticas.

O Google removeu os dois aplicativos associados ao ataque da loja online, mas não antes deles serem baixados por milhares de usuários.

Malware usa smartphone Android para infectar o PC e gravar conversas – Mobilidade – IDG Now!.

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!