Criptoassinatura é reconhecida como padrão de segurança

image_pdfimage_print

A ISO (International Organization of Standardization) anunciou o reconhecimento oficial do sistema criptográfico conhecido como criptoassinatura (signcryption) – também chamada de cifrassinatura. Nela, a assinatura digital e criptografia são feitas em um único passo, com grandes vantagens de segurança em relação ao sistema tradicional de assinar para depois criptografar a assinatura. Um único algoritmo faz os dois cálculos em uma única etapa, o que é mais seguro do que utilizar dois protocolos em sequência.

“A adoção da criptoassinatura como um padrão internacional é significativo por várias razões,” afirmou Yuliang Zheng, da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, que criou esquema original de criptoassinatura em 1996, apresentado ao público na conferência Crypto’97.

Uma delas é uma proteção reforçada para a computação em nuvem, oferecendo uma técnica segura para autenticação e verificação de origem. “A criptoassinatura também permitirá que aparelhos portáteis, como celulares e PDAs, comunicações 3 e 4G, assim como tecnologias emergentes, como as etiquetas RFID e redes sem fios executem funções com segurança de alto nível,” afirma Zheng.

Além de aumentar a segurança, ao juntar assinatura e criptografia em um único passo, a criptoassinatura permitirá a economia de recursos computacionais e de rede e tornará os aplicativos mais rápidos na etapa de identificação.

Fonte: Imasters – Com informações de Inovação Tecnológica

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!