Como perder visibilidade no LinkedIn em 10 passos

image_pdfimage_print

Conheça erros muito comuns que podem minar sua relevância nessa importante rede social voltada à interação profissional.

Veja a seguir algumas (más) estratégias para criar um perfil pouquíssimo funcional.

Otimização de Perfil

1. Adicionar uma fotografia pouco profissional ao seu perfil

Alguns chegam a uma decisão consciente de não adicionar foto! Talvez uma questão de segurança ou privacidade.

Outros acrescentam fotos surpreendentes ao mundo profissional. As categorias incluem:

EU, mas a 100 metros de distância.

EU e o tio Silva.

EU há 15 anos.

A minha foto do Facebook.

2. Copiar e colar o seu currículo no LinkedIn

Isso não é um perfil – é o seu currículo! Os CVs são diferentes.

Não tornar o seu perfil uma cópia do seu currículo. O resumo pode ser um lugar poderoso para lermos sobre a sua marca para recrutadores, gestores de recursos humanos.

3. Não ter nenhuma recomendação ou apenas uma associada ao seu perfil

Sem recomendações, estamos quase invisíveis! Receber uma recomendação no LinkedIn é algo muito valioso. Isso demonstra credibilidade.

4. O seu perfil não está completo

Depois das alterações produzidas pelo LinkedIn, não é assim tão difícil atingir os 100%. Quem não atinge este nível máximo, fica para trás nas milhares pesquisas feitas todos os dias. A média dos usuários fica entre os 70%-95%.

5. Não ter contatos suficientes

O objetivo do LinkedIn é fazer a interação profissional. Se há menos de 100 contatos, perde-se o grande valor dessa rede. Então, é preciso crescer. Mas cresça com regra!

6. O seu título profissional não cativa

Quando alguém (recrutador, futuro cliente ou outro) chega ao seu perfil, deverá ter uma boa impressão! ENSAIE um pequeno pitch sobre si! Evite palavras como “desempregado” ou “a procura de emprego”. Isso não chama a atenção, não é relevante. Convença com sua experiência e habilidades.

Perfomance – Inatividade

7. A última vez que atualizou o seu estado foi em 5 de maio de… 2003! (no dia de lançamento do LinkedIn!)

As atualizações devem lembrar as pessoas que estamos ATIVOS! Você pode atualizar sua rede usando as suas vitórias durante a procura de emprego (entrevista bem sucedida, etc.) ou os resultados da sua organização. Pode também apreciar, comentar ou partilhar uma atualização de outra pessoa.

8. Envio de convites com o texto genérico

Já publiquei um post sobre este assunto com vários tipos de convites que podemos fazer no LinkedIn. Mostre que não coleciona contatos. Construa uma rede poderosa!

9. Grupos não são para mim!

Existem mais de um milhão de grupos no LinkedIn. Então há uma imensidão de possibilidades para novas ideias, conhecer novas pessoas e partilhar as suas histórias. Estes momentos fantásticos só acontecem com quem participa!

Compreenda como funcionam os grupos LinkedIn. Comece com poucos e vá aumentando, quando tiver mais confiança na estratégia de participação.

10. Não consulta a página do emprego, das empresas, dos eventos ou das skills.

Então, o que faz nessa rede?

Utilize o sistema de pontuação abaixo para sabermos se está em sintonia com a rede.  Será que muitos dos 10 tópicos são verdadeiros? Ou não?

Nenhum deles é verdadeiro – Você é um mestre LinkedIn. Não precisa de mais dicas.

1-2 são verdadeiros – Parabéns! Está a poucos passos de distância de ser uma conexão atraente para alguém.

3-5 são verdadeiros – Não está sozinho, mas ainda há trabalho importante a ser feito.

5-7 são verdadeiros – Houston, we have a problem! Precisa de ajuda ou algumas horas do seu tempo para melhorar o seu perfil.

8-10 são verdadeiras – Faça do LinkedIn uma das grandes prioridades desta semana. Posso ajudar! [Webinsider]

Fonte: Webinsider – Por Rui Pedro Caramez

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!