Cinco coisas que todo profissional de TI deve saber

image_pdfimage_print

Qualquer um que trabalhe na área de TI há mais de 10 minutos sabe que uma parte enorme do trabalho é a solução de problemas. Algum item – não importa o quê – vai quebrar ou parar de funcionar de uma forma nova e completamente inesperada e, por padrão, é você que terá que consertá-lo. E rápido.

O problema? Não importa quantos livros você já tenha lido… Nenhum livro ou professor poderá magicamente dar a você as habilidades dedutivas para resolvê-lo. O que funciona é muita experiência,  muitas horas dedicadas ao exame de problemas aparentemente insolúveis, e algum conhecimento prático a respeito do atual ambiente de TI.

Aqui estão cinco skills que todo o profissional de TI deve dominar.

1 – Como usar um analisador de protocolo.

É bem provável que você jamais tenha usado um analisador de protocolo antes. Afinal, ele parece ser uma ferramenta de uso exclusivo de engenheiros de rede, certo? Acontece que hoje, literalmente, tudo está em rede, e, de alguma forma, saber o que realmente acontece com ela ??pode ser extremamente útil para qualquer pessoa.

Na verdade, ser capaz de entender o que está acontecendo com o tráfego da rede é, sem dúvida,  muito útil para analistas e programadores. Além disso, é realmente divertido.

Há quem use analisadores de protocolo com propósitos maliciosos, como capturar o tráfego da rede com o objetivo de obter cópias de arquivos importantes durante a sua transmissão, senhas que permitam estender o raio de penetração em um ambiente invadido ou ver conversas em tempo real.

Se você nunca tentou antes, procure usar o Wireshark. Com ele é possível monitorar tudo o que entra e sai da rede, independente do protocolo utilizado (TCP, FTP, HHTP, AIM, NetBIOS, etc).

2 – Como depurar e identificar falhas em aplicações Web.

De todas as descrições de problemas que recebo, minha favorita é: “É lento!” Pode acontecer com qualquer tipo de aplicação, mas é particularmente irritante com aplicações Web.

Existem muitas ferramentas que podem ajudá-lo com este tipo de problema, mas você pode começar pelo Fiddler Web Debugger, um plug-in para Firefox, e/ou pelo Web Developer, incorporado também ao Chrome.

Da próxima vez que você tiver um problema de desempenho em uma aplicação Web, recorra a um dos dois. Você poderá se surpreender com a quantidade de componentes e arquivos necessários para gerar uma página, seu tamanho total, o quão rápido expira a cache, entre outras informações úteis para identificar o que pode estar travando o carregamento de uma aplicação ou uma página Web..

3 – Como lidar com energia e cabeamento.

Esta é uma habilidade generalista da TI que todo profissional acaba tendo que saber. Quer se trate de ser capaz de dizer a diferença entre um cabo Ethernet crossover e um direto, saber a diferença entre tomadas L5-30 e L6-30, ou apenas ser capaz de fazer um cabo de Ethernet com o comprimento certo para chegar seu destino, esse pode ser um conhecimento indispensável.

4 – Como funciona a virtualização, sob o capô do seu hypervisor.

Compreender como as coisas funcionam por baixo do capô do seu hypervisor e como isso pode mudar a maneira de solucionar problemas de desempenho, pode ser a diferença entre perder ou ganhar a batalha para solucionar um problema. Longe vão os dias em que simplesmente abrir o Gerenciador de Tarefas e ver o quão ocupado o servidor estava revelava realmente o que podia estar acontecendo.

Você precisa fazer experiências com sua infraestrutura virtualizada e aprender como o agendamento de recursos funciona. Isto é, como o hypervisor aloca os recursos entre as máquinas virtuais (agenda o tempo da CPU e as requisições de I/O, etc) e provê o isolamento entre as diversas máquinas virtuais.

Coloque diferentes limites de desempenho de CPU na VM e veja como o desempenho é afetado. Você ficará surpreso com o que você encontrará.

5 – Como escrever scripts úteis.

Simplificando, a programação não é apenas para desenvolvedores. Conhecer uma linguagem de script como Perl ou Python, não importa qual delas, pode ser extremamente útil.

A próxima vez que você se encontrar diante de uma tarefa chata, tente encontrar uma maneira de fazer o que você está tentando fazer com um script. As possibilidades são imensas.

Isso é apenas o começo

Expandir seus horizontes para incluir coisas que você nunca fez antes, ou não conhece, certamente dará a você condições de começar a olhar os problemas de outra maneira. Pense nisso.

Fonte: CIO

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!