Ataques virtuais chegam a desfalcar empresas em mais de US$ 5 milhões

Atrás apenas do roubo de ativos, ataques cibernéticos atingiram 32% das empresas brasileiras no ano passado.

Os crimes digitais passaram, em dois anos, de irrelevantes para o segundo lugar na lista dos crimes econômicos sofridos por empresas brasileiras, revelou a 6ª Pesquisa Global sobre Crimes Econômicos, da PricewaterhouseCoopers (PwC). Cerca de 8% das empresas afetadas no País sofreram perdas superiores a US$ 5 milhões e 5% registraram prejuízos de US$ 100 milhões a US$ 1 bilhão.

Somente no Brasil, 32% das empresas ouvidas foram vítimas desse tipo de ataque nos últimos 12 meses.

O levantamento destaca que, em 2009, os ataques cibernéticos nem foram citados entre os mais relevantes no País.

No entanto, solucionar este problema ainda não é a prioridade das companhias. O estudo mostra que 51% dos ouvidos no Brasil disseram que os presidentes e a diretoria de suas empresas ainda não adotaram processos de verificação de ameaças de crimes digitais.

Para 63% dos respondentes brasileiros o dano à reputação da organização é o maior temor relativo aos ataques. A preocupação com a interrupção de serviços (50%) é o segundo maior medo.

Outro fator que chama atenção é a percepção da origem das ameaças digitais: 71% das empresas brasileiras relataram que os autores das fraudes estão dentro da organização.

Fonte: IT Web

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Certificações que possuo: CompTIA Security+, EXIN EHF, MCSO, MCRM, ITIL v3. Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão e Governança de TI, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!