Ataques virtuais chegam a desfalcar empresas em mais de US$ 5 milhões

image_pdfimage_print

Atrás apenas do roubo de ativos, ataques cibernéticos atingiram 32% das empresas brasileiras no ano passado.

Os crimes digitais passaram, em dois anos, de irrelevantes para o segundo lugar na lista dos crimes econômicos sofridos por empresas brasileiras, revelou a 6ª Pesquisa Global sobre Crimes Econômicos, da PricewaterhouseCoopers (PwC). Cerca de 8% das empresas afetadas no País sofreram perdas superiores a US$ 5 milhões e 5% registraram prejuízos de US$ 100 milhões a US$ 1 bilhão.

Somente no Brasil, 32% das empresas ouvidas foram vítimas desse tipo de ataque nos últimos 12 meses.

O levantamento destaca que, em 2009, os ataques cibernéticos nem foram citados entre os mais relevantes no País.

No entanto, solucionar este problema ainda não é a prioridade das companhias. O estudo mostra que 51% dos ouvidos no Brasil disseram que os presidentes e a diretoria de suas empresas ainda não adotaram processos de verificação de ameaças de crimes digitais.

Para 63% dos respondentes brasileiros o dano à reputação da organização é o maior temor relativo aos ataques. A preocupação com a interrupção de serviços (50%) é o segundo maior medo.

Outro fator que chama atenção é a percepção da origem das ameaças digitais: 71% das empresas brasileiras relataram que os autores das fraudes estão dentro da organização.

Fonte: IT Web

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!