Apenas 21% dos internautas brasileiros protegem seus dados, diz pesquisa

image_pdfimage_print
Estudo da Microsoft mostra também que 42% dos entrevistados no país mantém seus PCs atualizados e 31% realiza os updates de segurança em celulares.

No Dia Internacional da Internet Segura, ou Safer Internet Day, a Microsoft divulgou os resultados do seu relatório semestral Microsoft Computing Safety Index (MCSI) que mostra que mais da metade dos entrevistados (55%) enfrentam diversos riscos online e somente 16% protegem seus dados. No Brasil, este índice é de 21% – mesmo que 87% dos entrevistados tenham informado que já enfrentaram algum tipo de ameaça na Web.

De acordo com a Microsoft, menos da metade dos participantes brasileiros da pesquisa (42%) realiza as atualizações de segurança em seus PCs. Esse número é ainda menor (31%) entre os updates para celulares.

“Dispositivos móveis muitas vezes têm tantas informações valiosas pessoais armazenadas – se não mais – quanto o próprio computador, tornando esses equipamentos igualmente atrativos para os criminosos que roubam dados”, afirmou a chefe de segurança online da Microsoft, Jacqueline Beauchere. “O último MCSI demonstrou que não importa onde e como a pessoa acessa a Internet, exercitar hábitos online seguros são essenciais. Existem algumas medidas e tecnologias que as pessoas podem adotar para ajuda-las a se prevenir para que não se tornem vítimas de criminosos.”

A pesquisa também mostrou que 63% dos entrevistados se preocupam com vírus em seus computadores – sendo que desses, 47% utilizam firewalls e 55% possuem antivírus em seus PCs.

Dos participantes, 38% afirmaram visitar sites seguros e 39% evitam o acesso a redes Wi-Fi públicas por meio dos seus dispositivos móveis.

Roubo de senhas ou informações da conta foram citados como uma preocupação por 45% dos entrevistados brasileiros, mas apenas 47% dos participantes atualizam as informações que os ajudam a prevenir roubo de identidade e somente 25% contam com um PIN (personal identification number) ou senha para destravar seus dispositivos móveis.

O MCSI entrevistou mais de 10 mil usuários de PCs, smartphones e tablets em mais de 20 países sobre suas impressões pessoais relacionadas à segurança na web. Os respondentes atribuíram notas em uma escala de 0 a 100. A pontuação global media foi de 34 para segurança online em PCs e 40 para dispositivos móveis – no Brasil, esses números foram 37 e 45, respectivamente.

Países que participaram da pesquisa: Alemanha, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Coreia do Sul, Egito, Espanha, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Japão, Malásia, México, Rússia, Singapura, Turquia e Reino Unido.

Via Apenas 21% dos internautas brasileiros protegem seus dados, diz pesquisa

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!