8 erros de etiqueta que atrapalham a convivência no trabalho

image_pdfimage_print

São Paulo – Algumas regrinhas de etiqueta são essenciais para reduzir conflitos no trabalho e promover a boa convivência no escritório, aspectos fundamentais para quem está em busca de ascensão profissional. Isso acontece porque, apesar de a competência técnica ser importante, as habilidades comportamentais vêm ganhando destaque nas empresas que estão cada vez mais heterogêneas.

De acordo com especialista, as dificuldades de relacionamento e problemas comportamentais lideram a lista de motivos para demissões. Ou seja, o profissional pode ser um ótimo na questão técnica, mas se ninguém conseguir conviver com ele, seu nome vai, provavelmente, figurar na lista de demitidos.

Para que você passe longe desta lista, confira então alguns erros de etiqueta que devem ser evitados durante o expediente, de acordo com dois especialistas consultados:

1 Atrasos

“Esta é uma das regras que os profissionais brasileiros mais quebram”, diz Ricardo Barbosa, diretor executivo da Innovia Training e Consulting.

O especialista se refere não apenas aos atrasos ligados ao horário de trabalho mas também aqueles ligados a prazos de entrega de projetos e relatórios, por exemplo. “Para os estrangeiros este tipo de atraso é a morte”, diz Barbosa.

Deixar a equipe e o chefe esperando por conta de um atraso em reunião pré-agendada é um deslize que compromete a imagem profissional, lembra Eliane Figueiredo, diretora-presidente da consultoria Projeto RH.

Dica: pontualidade deve ser ponto de honra no ambiente empresarial, segundo Barbosa. Organize-se para cumprir prazos e chegar no horário. Ao atrasar avise o quando antes. “E, se chegar tarde em uma reunião, peça desculpas diga que teve um problema sério, mas não comece a contar todo o drama que resultou no atraso para não desvirtuar o foco da reunião”, recomenda Eliane.

2 Roupas chamativas, ousadas ou desalinhadas

“A roupa transmite uma imagem”, diz Eliane. Querer ser o centro das atenções por conta de um visual “matador” é um erro que pode colocar em xeque a sua reputação. Cores chamativas, acessórios enormes, saias justas, decotes generosos, camisas e calças desalinhadas são alguns dos itens que podem pegar mal, mesmo em ambientes mais informais.

Dica: “Quando a empresa não tem dress code, é preciso ter bom senso”, diz Barbosa. Na dúvida, prefira sempre roupas mais discretas.

3 Postura inadequada

Participar de uma reunião em um ambiente corporativo formal “jogado” na cadeira, com cabeça apoiada sobre as mãos, vai sem dúvida denunciar aos demais participantes a sua falta de vontade de estar ali.

O mesmo vale para uma entrevista de emprego, diz Eliane. “Esta postura displicente revela a falta de interesse”, diz. Ficar com os braços cruzados também pode pegar, segundo Barbosa. “A linguagem não verbal é muito importante”, diz Barbosa.

Dica: Em reuniões procure usar a técnica do espelhamento. “Se a pessoa se aproxima da mesa, você também se aproxima, se ela se afasta você também se afasta”, recomenda Barbosa.

4 Comunicação falha

Não tirar os olhos da tela do computador, smartphone ou tablete enquanto as pessoas falam com você pode ser encarado como desrespeito. “Tem gente que em uma reunião fica com o smartphone em baixo da mesa respondendo e-mails”, conta Eliane.

Chegar de mau humor no escritório e não dar bom dia nem para os colegas mais próximos da mesa e passar a manhã de cara fechada também só vai afastar as pessoas de você.

Vociferar palavrões, quando algo não vai bem, pode comprometer todo o clima organizacional. “Agir assim sempre pega mal”, diz Eliane.

Dica: é claro que não é preciso falar com todo mundo ao colocar os pés no escritório. Mas procure dar um bom dia geral, cumprimentar os mais próximos.

Não se esqueça do mais importante, olhe nos olhos das pessoas quando elas falarem com você e seja cordial no trato com os outros. Procure não interromper as pessoas e ao precisar falar com alguém pergunte se a pessoa tem um tempo para ouvi-lo.

5 Desorganização

Alerta vermelho, se as pessoas precisam “procurar” você entre as pilhas de papéis, restos de comida e embalagens de lanchinhos na sua mesa. “O problema começa quando a bagunça interfere na produtividade e pode prejudicar os outros, mas quem terá mais prejuízos é a própria pessoa”, diz Eliane.

Dica: o ideal é manter a mesa organizada. “Papéis que não estão sendo utilizados devem ser arrumados arquivados até para que os outros consigam localizar algum documento caso seja necessário”, recomenda Barbosa.

6 Toque de celular “engraçadinho” ou muito alto

“Há toques de celular que incomodam muito”, Escolher músicas divertidas para o toque de celular pode até arrancar risadas dos amigos, mas no ambiente empresarial causam dor de cabeça.

Imagine a cena, o presidente da empresa está no seu andar e de repente o funk da moda em alto e bom som anuncia que alguém está ligando no seu celular. Se você estiver longe da mesa e do celular, o momento pode ser ainda mais dramático, assim como se isto acontecer durante uma reunião importante.

Dica: Adote o hábito de deixar o celular no silencioso ou no modo vibrar, principalmente se você é adepto de toques inusitados ou “engraçadinhos”. Evite também passar muito tempo recebendo ou fazendo ligações pessoais. Em uma reunião, caso esteja esperando uma ligação importante, avise que precisará sair para atender.

7 Fofocas

Ser o expoente da “rádio peão” só depõe contra você. Dar trela a fofocas, fazer comentários maldosos sobre colegas de trabalho vai estigmatizá-lo como o fofoqueiro do escritório. “Tem gente que tem esse hábito e faz muito mal”, diz Eliane.

Dica: Quando o assunto pintar na conversa não dê continuidade. “Tome muito cuidado em relação ao que você diz sobre os outros”, recomenda Barbosa.

8 Usar o email do trabalho para fins pessoais

“Já vi casos que pessoas que perderam o emprego por conta disso”, diz Eliane. Compartilhar com colegas – via seu email corporativo – críticas sociais, posições políticas, vídeos engraçados, piadinhas, correntes religiosas é um erro.

Dica: trate apenas de assuntos relacionados ao trabalho quando estiver usando a sua conta de e-mail corporativa. Para todos os outros casos, prefira seu e-mail pessoal.

8 erros de etiqueta que atrapalham a convivência no trabalho – EXAME.com.

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!