5 dicas para profissionais que não conseguem acordar cedo

image_pdfimage_print

São Paulo – Para alguns profissionais, acordar cedo é sinônimo de ter mais tempo para realizar tarefas e uma postura certeira para ser bem sucedido na carreira. Para outros, o dia só começa depois do meio-dia.

Para José Roberto Marques, presidente do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC), não existe um perfil profissional melhor que o outro, mas quando a postura de “só funciono depois do almoço” começa a afetar seus pares e outros colegas de trabalho é um sinal de que o profissional precisa rever suas atitudes.

Confira as recomendações do especialista para quem tem este problema:

Agende reuniões internas durante a manhã – Quando a equipe está envolvida, o profissional evitará se autosabotar com a desculpa de que não consegue acordar.

“Mas quando a reunião é externa com um cliente, se a pessoa não se sente disposta, é melhor marcar para depois do almoço”, afirma Marques.

Exercite-se – O especialista afirma que quando o horário do expediente não é negociável, que o profissional tente realizar atividades que envolvam movimento, que gaste energia em vez de recorrer somente ao café.

“Confunda” sua mente – De acordo com Marques o profissional deve fazer uma estratégia mental de que aquele horário que ele considera um “absurdo” de cedo é na verdade um horário aceitável para ele.

“Em vez de falar odeio acordar cedo, tenho que acordar às 6h, tente visualizar que são 10h. O ideal é tentar não sofrer”, explica.

Realize tarefas “mecânicas” – Se procrastinar durante a manhã no trabalho, na sua opinião, é inevitável, evite vagar em redes sociais. Limpe sua mesa de trabalho, atualize seu currículo, leia ou mande e-mails.

Relembre momentos – “Algum dia durante a manhã você fez algo extraordinário?”, questiona Marques. Para ele, o profissional deve focar nos ganhos profissionais caso ele mude de atitude. Ou, que considere as vantagens de não “funcionar” durante a manhã.

Fonte: INFO

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!