3 dados para quem procura emprego pelas redes sociais

São Paulo – Quem está em busca de uma oportunidade profissional sabe que deve ficar atento às redes sociais. Mas não é apenas pela questão do networking. Há algum tempo as redes passaram a ser também uma importante ferramenta para quem deseja encontrar uma nova posição mercado porque todos os dias centenas de vagas de emprego são divulgadas por lá.

Mas onde estão e como encontrar as oportunidades? É o que muitos profissionais se perguntam. Pensando nisso, Exame.com contou com a ajuda de Ricardo Azarite, head de mídias sociais do Kekanto e co-autor do livro “Monitoramento e Métricas de Mídias Sociais: do estagiário ao CEO” (DVS Editora), para empreender um monitoramento -por meio da plataforma Scup – de todas as vagas anunciadas nas redes durante 15 dias.

A partir dos resultados da pesquisa, surgem valiosas informações para quem deseja tornar a procura mais assertiva. Confira 3 fatos que todo profissional que usa as redes para encontrar uma nova posição no mercado deve saber:

1 Twitter concentra maioria das oportunidades

Quer encontrar emprego via redes sociais? Crie uma conta no Twitter. De uma média de 577 oportunidades profissionais divulgadas por dia nas redes sociais, a esmagadora maioria está no Twitter: 97,2% das vagas foram encontradas a partir da busca por palavra chave no serviço de microblog.

A procura por meio dos perfis no Twitter não é lá muito eficiente: concentrou 2,2% das oportunidades divulgadas. O mais eficiente é usar a busca da rede social de microblogs para encontrar oportunidades.

As palavras chaves mais recorrentes são: emprego(s), vaga(s), analista, auxiliar, assistente, vendas, oportunidade, gerente, concurso, TI, vendedor, estágio.

Já outras redes sociais não chegaram nem a contar com 1% das oportunidades. Google+ respondeu por 0,5% das vagas, enquanto FacebookOrkut e LinkedIn ficaram, juntos, com 0,1% das oportunidades divulgadas.

2 Dias da semana em horário comercial são os mais promissores

É durante o expediente que as chances de você encontrar um anúncio de emprego aumentam. Os dias úteis concentraram 85% das divulgações de vagas. Quartas e quintas têm a maior média de vagas postadas: 25% do total em cada um. E o horário mais promissor para encontrar as vagas é das 6h às 18h, 74% das vagas são postadas neste período.

Ou seja, em tempos de escritórios sem divisórias, você terá que apostar na discrição para deixar a sua conta no Twitter aberta enquanto trabalha e faz a varredura à procura de oportunidades que encaixem no seu perfil. Usar o smartphone é melhor opção para não serpego pelo chefe enquanto procura emprego.

3 Finanças e administração são as áreas com mais oportunidades divulgadas

Profissionais da área de finanças e administração têm mais chances de encontrar emprego via redes sociais: 15,7% das oportunidades divulgadas foram para trabalhar na parte de finanças e 15,6% para administração. Vendas e computação responderam por 12,9% e 11,5% do total de anúncios de emprego e marketing ficou com 10,4%.

Em relação aos cargos, aqueles que exigem menos experiência e demandam menos responsabilidade são maioria. Do total de oportunidades, assistente foi o cargo mais demandado, com 22,2% das vagas anunciadas.

Posições operacionais foram 15,3% do total e estagiários e trainees ficam com 10,6% das oportunidades anunciadas. Gerentes, coordenadores e profissionais de nível sênior foram demandados por 16,2% do total de anúncio de vagas.

via 3 dados para quem procura emprego pelas redes sociais – EXAME.com.

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Estácio de Sá (Alagoas), especialista em Gestão Estratégica da Tecnologia da Informação pela Univ. Gama Filho (UGF) e pós-graduando em Gestão da Segurança da Informação pela Univ. do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Certificações que possuo: CompTIA Security+, EXIN EHF, MCSO, MCRM, ITIL v3. Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão e Governança de TI, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!