4 de Maio de 2012

Sistemas de Informação Operacional, Tático e Estratégico

Os sistemas de informação podem ser classificados de acordo a informação que será processada. Desta forma, a classificação dos sistemas de informação geralmente é feita de acordo com a pirâmide empresarial, composta pelos níveis estratégicos das organizações.

Esta pirâmide mostra que nas organizações as informações têm níveis diferenciados e dependendo da importância que ela tem ou da forma que ela deve ser gerenciada, torna-se necessário classificá-la a fim de um melhor gerenciamento. (mais…)

Falha no Skype pode revelar localização do usuário

São Paulo – Uma falha de segurança no Skype foi descoberta e permite que um script revele os endereços IP remoto e local de um usuário.

Segundo o site GHacks, o script permite pesquisar o endereço IP de qualquer usuário Skype que esteja online. O processo não funciona com pessoas que estejam offline.

O código dá início a um processo de adição de contatos, mas não completa a ação. O arquivo irá então exibir os endereços IP do usuário, mesmo se este usuário não estiver na lista de contatos. (mais…)

ERP, a estrela máxima

Por André Petroucic *

Conhecidos pela sua tradicional capacidade de alta integração e escalabilidade dos processos empresariais, os sistemas integrados de gestão, ERP, formam há anos a base sobre a qual as empresas se apoiam para gerir seus negócios. Ao longo das últimas duas décadas, o ERP vem conquistando posição cada vez de mais destaque nas áreas de gestão das companhias brasileiras. Antes, estava restrito aos técnicos do departamento de tecnologia da informação. Hoje, ganhou espaço na agenda dos principais executivos. Aliás, está mais próximo deles, em seus smartphones e tablets. (mais…)

Diretora da OIT alerta para desemprego entre jovens por causa da crise econômica internacional

Apesar de ter uma situação melhor do que países europeus – que enfrentam o aumento do desemprego, sobretudo entre jovens, por causa da crise econômica, – o Brasil ainda tem de avançar no que se refere à oferta de oportunidades de trabalho para a juventude. A avaliação é da diretora do Escritório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil, Lais Abramo, que participa do Fórum Nacional Trabalho Decente para os Jovens.

O evento, que vai até amanhã (4), é uma iniciativa da OIT, da Secretaria Nacional de Juventude e do Ministério do Trabalho. “O Brasil tem avançado muito na redução da pobreza e isso tem reflexos na redução do desemprego. Contudo, o desemprego dos jovens é muito maior do que no caso dos adultos. Apesar de essa situação ser favorável, ela não é suficiente para a juventude”, destacou a diretora. (mais…)

3 mitos da segurança da informação

O número de violações de dados continua aumentando – foram mais de 200 milhões de registros corporativos perdidos em 2011, sendo que o hactivismo colaborou em 80% para esse aumento considerado dramático em relação ao ano passado.

De acordo com André Carraretto, estrategista em segurança da Symantec, cada violação permitia o vazamento de mais um milhão de informações. O executivo lista três suposições que não são verdadeiras em relação à segurança das empresas. Fique atento a elas: (mais…)

5 dicas para ser o chato do trabalho

São Paulo – Não está no plano de carreira de nenhum profissional ganhar o título de “chato do trabalho”. Mas, vez ou outra, isso pode acontecer. Seja por uma fase ruim ou, no pior dos cenários, por um traço de personalidade mesmo.

O problema da conquista deste título está nas consequências que a fama de chato pode trazer no longo prazo. “É fatal”, afirma José Augusto Figueiredo, vice-presidente da LHH|DBM América Latina. “A competência é sempre avaliada pela maneira como a pessoa se expressa. Um chato, geralmente, não se expressa bem. Se você é chato como irá mobilizar e inspirar as pessoas?”.

Confira quais os passos para ganhar a reputação  de chato do trabalho. Ou para os mais sensatos, como fugir dela.

(mais…)

Ataques por malwares crescem 81% e são os vilões da Internet

O Brasil segue como o nº1 na América Latina em atividades maliciosas e figura na 4ª posição mundial, ficando atrás apenas dos EUA, China e Índia, de acordo com levantamento feito pela Symantec. Os ataques por malwares cresceram 81% e foram detectados 403 milhões de variantes exclusivas em 2011.

Os ataques Web bloqueados cresceram 36% e chegou a 4597 por dia. A mobilidade e as redes sociais, como não poderia deixar de ser diferente em função do seu consumo maior, entram na mira e passam a ser alvo dos cibercriminosos. (mais…)

Quer ficar atualizado?

Inscreva-se em minha newsletter e seja notificado quando eu publicar novos artigos de graça!